16 de mai de 2013

Humor: Michelangelo, o Papa e o teto da Capela Sistina

Uma hilária esquete do canal Porta dos Fundos com o primeiro dia de trabalho do pintor Michelangelo na Capela Sistina, no Vaticano. A comédia enfatiza o conservadorismo da religião católica, em querer manter o 'teto do jeito que está', deparando com a insistência do artista renascentista em querer representar a história do mundo, e a cores - os afrescos no Teto da Capela Sistina, um dos maiores tesouros artísticos da humanidade.

Como curiosidade, a história conta que o verdadeiro Michelangelo não estava muito satisfeito com a nova encomenda, por se considerar mais escultor do que pintor. Autor de Pietà, de 1499  e David, de 1501 a 1504, entre outras das obras de arte mais belas e mais visitadas por turistas do mundo inteiro, Michelangelo achava que só poderia ser 'intriga da oposição'. Mesmo assim, realizou uma obra, além de monumental, fantástica - é neste trabalho que tem a famosa figura de Adão tocando o dedo de Deus (A Criação, Gênesis: '... e Deus criou o homem...').

Veja Michelangelo (Porta dos Fundos) com Gregorio Duvivier e Luis Lobianco (o padre gay):

Um comentário:

Este comentário poderá ser publicado no novo site homemrg.com