11 de mai de 2013

Brincando de lutinha

A origem da pegação

Brincar de luta, 'lutinha' como é conhecida, é um jogo masculino, presente nas nossas vidas desde a primeira infância. E basta juntar um grupo de machos pra brincadeira começar. Um por cima, prendendo os braços do outro, ou tentando escapar por baixo. Mão naquilo, aquilo na mão... Cheiro do outro, baforada na cara, no cangote... Pegando o amigo por trás... Ou um amontoado de homem, um em cima do outro.

Por ser um costume tão antigo, podemos classificar como primitivo o hábito dos homens, desde meninos, brincarem de lutinha. Se o homem é conhecido como o gênero que 'vai à caça', desbravador e, junto com sua própria constituição física, com os genitais expostos como membro do corpo (falo, 'espada'), seria natural que uma dessas 'cruzadas' ao desconhecido, querer conhecer também o corpo do outro. Com a nossa educação romântica e cristã, meninas aprendem desde cedo que não podem 'dar mole' aos meninos, com os pais sempre policiando sua imaculada virgindade. Resta então os meninos para brincar, passar a mão, 'sarrar gostoso', mesmo que seja por brincadeira ('zoação') ou curiosidade, e sempre no instinto masculino, predominantemente sensorial (visual, tátil, etc.).

Em alguns ambientes, a lutinha pode virar 'almôndega', com um amontoado de homens, um em cima do outro. Isso ocorre durante as partidas de futebol (ou em outro esporte coletivo) durante as comemorações do gol, nas quadras, nos vestiários, academias de ginástica, em festinhas do 'Clube do Bolinha', no carnaval de rua, como nos shows de heavy metal, onde os metaleiros se jogam, literalmente, uns sobre os outros, orgulhando-se no dia seguinte dos roxões (hematomas) pelo corpo.

Há séculos, os aglomerados de gente sempre tiveram um papel diferenciado para os homens - seria também uma oportunidade de 'passar a mão' ou 'relar gostoso'. Dizem que na época que os criminosos eram executados em praça pública, era comum vários estupros acontecerem no meio da multidão que ia assistir fervorosa, e sem ninguém perceber. Nos trens e ônibus lotados, os assédios na base da 'encoxada' e os abusos 'melando a cueca', também.

Em resumo, homens brincam de lutinha, porque não vão ficar brincando de boneca, encarando a divisão romântica que temos sobre o que é 'coisa de menino'. Eles fazem isso, instintivamente, como demonstração de força, e geralmente escolhem alguém que todos pensam ser mais forte do que eles para brincar. Caso ganhe a 'luta', os outros vão perceber sua força. Ou pegam alguém mais fraco para mostrar como podem lutar com qualquer um, sem distinguir tamanho e força, também para se exibir - esta seria a intenção original, desde os indígenas e lutas greco-romanas. Uma eleição física do mais forte, ou do líder da tribo. Para os outros verem e perceberem que não podem 'mexer com eles', e subirem na hierarquia do grupo. Uma luta como exemplo do que pode acontecer com quem se atrever ameaçar. Um instinto animal de defesa e sobrevivência, antes mesmo de qualquer coisa.

Luta romana no azeite
Na Turquia, por exemplo, a luta greco-romana, além de ser um esporte comum, é praticada de uma maneira bem inusitada: a luta romana no azeite. Nestes eventos, ao ar livre, os homens lutam sem camisa, e untados com azeite, diante milhares de espectadores com suas apostas, orações, canções e gritos de torcida, e muitos comes e bebes numa verdadeira festa. Atochar a cueca do amigo, é outro exemplo deste tipo de farra, porém em forma de abuso ou, simplesmente, sacanagem, humilhando o outro.

Na pornografia, alguns filmes começam com a famosa lutinha, com os participantes se excitando no rela-rela da luta, tirando as roupas aos poucos, ou já iniciando o jogo completamente pelados. Alguns são feitos com homens musculosos com óleo no corpo para uma luta escorregadia e... já lubrificada.


Veja alguns vídeos com lutinha entre homens:

Luta greco-romana ao ar livre (campo de luta)

As 23 técnicas de luta greco-romana

'Lutinha entre malucos'

'Lutinha entre amigos'

Lutinha no quarto do alojamento dos meninos

Bobby Blake and Friends

Lutinha com putaria (pornô) 

Locker Room Wrestling (Full Movie - filme pornô)

Um comentário:

  1. Muito bom o seu blog. Achei bem interessante a forma como foi redigi seus artigos. Vou mencionar alguns na minha página. Parabêns.

    ResponderExcluir

Este comentário poderá ser publicado no novo site homemrg.com