6 de jan de 2014

Por que as cacetas do pornô hétero são maiores do que as dos filmes gays?

O que é raro sai caro

Parece-me que não só o pau é maior, mas também o bolso, além da natural ilusão de ótica entre gêneros de proporções físicas contrárias, os filmes pornográficos do segmento heterossexual, majoritário no setor, conseguem manter um elenco melhor em comparação com os gays, e mais de acordo com o gosto do público. A pergunta também poderia ser: Por que os filmes gays não são tão bons quanto os héteros?

Primeiro, temos que levar em consideração a possível ilusão de ótica que acontece entre um corpo de homem e de uma mulher - geralmente os homens são maiores que as mulheres, gerando assim a sensação de que os seus genitais também são maiores. Em uma cena de sexo oral, por exemplo, tanto as mãos quanto a boca e a cabeça da mulher são de proporções menores em relação ao corpo do macho. Seria como colocar um baixinho franzino pra mamar um cara de físico normal - a ilusão é que o 'normal' acaba virando um grandalhão. Mas também, caso veja uma rola grande em vídeo gay, pode ter certeza que o negócio é mesmo enorme.

Por outro lado, os diferentes tipos de mercado (gay e hétero) também possuem realidades distintas. Como as produtoras de filmes e vídeos pornô hétero ganham mais dinheiro por conta da procura (os filmes héteros são mais distribuídos, procurados, divulgados...), elas podem pagar mais aos atores e, com isso, exigir um melhor casting e maior desempenho dos selecionados. Aliás, o que o público quer ver é o que vai ser determinante para a escolha, indicando também o que estará em alta (mais valorizado) ou em baixa.

Para se ter uma ideia desta diferença de mercado, há atores héteros que não fazem outra coisa, conseguindo receber o suficiente para se manterem. Já os atores gays, geralmente são também michês, podendo com a participação em filmes melhorar a visibilidade e até o valor do programa. Seria uma mesma profissão (ator pornô), mas com direções e resultados bem diferentes.

De um lado, menos rigidez na seleção de quem vai atuar nos filmes gays, do outro, o baixo pagamento, determinando castings geralmente mais fracos em comparação com os filmes héteros - 'É o que tinha: boys de sauna!'

É um tipo de mercado que acaba não fomentando o surgimento de grandes astros na pornografia gay, haja vista que, se este souber fazer outra coisa, vai preferir investir nela, e não em um segmento que não paga à altura. Assim, para uma cultura machista que aceita mais um ator pornô hétero do que um gay, é natural a escolha da maioria dos interessados na carreira pornô para os heterossexuais. E se ainda pagam melhor, por que fariam filme gay?

Será que se o ex pastor evangélico Alexandre Senna, que virou ator pornô gay, pensou que ganharia mais dinheiro com pornografia do que na Assembleia de Deus? Com ele, a história (já antiga) foi um pouco diferente. Sendo hétero e casado, preferiu fazer filmes gays, e na posição sempre de passivo que, segundo a esposa e mãe dos dois filhos do casal, seria uma prova de que ele não sentiria prazer nas cenas, já que não eram feitas com mulheres. E Alexandre se tornou um inusitado ator heterossexual, mas especializado em cenas de pornô gay passivo (!). Para ele, o prazer na atuação está no exibicionismo, outro fator que o levou para o cinema pornô. Além disso, mesmo para os padrões gays, Senna passa longe do ideal para a posição de ativo, com um pênis medindo 13 cm.

O tamanho da fama de quem decide fazer pornô também vai ditar o tamanho do cachê. O brasileiro e ex pornstar Harry Louis deve seu sucesso aos filmes que fez no pornô gay, e ao namoro com outra celebridade, o badalado estilista Marc Jacobs. Ou o bem nascido espanhol Martin Mazza (foto), que além de chocar a família tradicional (da Opus Dei) saindo do armário, surpreendeu mais ainda entrando para a indústria pornográfica. Neste caso, podemos entender como uma extravagância de quem pode bancar, sem depender de lucro ou sustento - mero prazer.

Salvas as exceções, como os artistas de TV que se tornaram astros pornô, ou no mercado internacional, capaz de pagar um pouco mais e em euros, o fato também está diretamente relacionado a nossa realidade. O mercado real sempre foi mais diversificado entre os héteros.

Em uma zona de prostituição, se encontra todo tipo de mulher: bonita, feia, magra, gorda, gostosa, novinha, coroas, etc. Mas a michetagem gay é tradicionalmente apegada a uma fase específica da vida, a juventude (além da masculinidade mesmo que forçada e mentirosa), tornando também seu mercado pornô mais limitado, e com um curto prazo de validade para os profissionais (do sexo) gays.

E no fim das contas, tem muito gay que acaba preferindo consumir a pornografia hétero, pelo menos no que se refere a filmes e vídeos. Sem falar no fascínio da grande maioria dos gays: o 'homem macho', ou bofe, traduzindo por aquele que transa com mulher - esse é homem de verdade! O mesmo para casados, fardados, peões de obra... ainda que não sejam exclusivamente héteros.

Outra comparação está na ereção - cenas demoradas de pau mole! Além do tamanho, dotado ou super dotado, big ou monster, já vi muito filme com ator fazendo a cena (de SEXO explícito) sem se mostrar excitado - de pau mole ou meia bomba - o que nunca vi em filmes héteros. Daí percebemos os diferentes padrões de qualidade entre os dois mercados, e entendendo um pouco o porquê.

Vídeo Trio Bi Kevin Falk and Bam - Blow Bi Blow

4 comentários:

  1. Faltou dizer do fascínio masculino (hétero) pelo membro grande, por que é tão fundamental no pornô hétero, já que no gay pode o 'normal'?

    ResponderExcluir
  2. Alguns atores que fazem filmes héteros,quando participam do segmento gay,acontece do pau ficar semi-ereto,talvez pelo desconforto.

    ResponderExcluir
  3. Sou hétero, já sai com alguns casais ( todos héteros ) e minha fantasia é que um marido mamasse enquanto eu visse as fotos da esposa dele ( Mas só mamar, sem pegação ). Também quero um dia realizar minha fantasia de sair com um casal que o marido mamasse junto com a esposa. marcioabc.sp@bol.com.br

    ResponderExcluir
  4. Vc já ouviram falar de homens que tem a fantasia de ver sua mulher amada sentindo prazer com outro?
    Homens que tem essa fantasia gostam de provocar suas mulheres onde os atores são dotados, para despertar nelas o desejo de experimentar um pauzão....

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com