25 de jul de 2013

Homens HSH - o que é isso?

Bofe ou ocó?

Parece nome de vírus mas é o termo utilizado para aqueles homens que, mesmo transando com pessoas do mesmo sexo, não se acham gays. Seria uma espécie de sigla significando homens que transam com outros homens sem se considerarem homossexuais. São homens héteros que, ocasionalmente, devido as circunstâncias, tem algum tipo de contato sexual com outros homens, ou ainda, queles que fazem isso apenas pelo prazer, sem maiores envolvimentos.

Eles realizam uma troca mútua deste prazer sexual, porém, sem envolvimento afetivo, que caracteriza um posicionamento mais preferencial. Poderiam ser considerados bissexuais, mas a ideia do HSH é justamente diferenciar aqueles homens que não procuram romance* com outros e, sim, de homens heterossexuais (porém, liberais) que em determinados momentos da vida, abrem espaço para o contato homossexual, mesmo sendo a parte passiva do ato. Isso ocorre nos troca-troca da infância, dos experimentos e curiosidades da adolescência, ou em fantasias puramente sexuais - estar em situações íntimas com outro (s) homem (ns).

Entram também neste balaio, os casais que praticam o swing (sexo entre casais estáveis, com troca de parceiros), onde se vê, pelo menos nos vídeos pornôs, muitos homens curtindo transar também com o marido, além da esposa. O intuito do sexo grupal, a três, quatro... e nestas circunstâncias, com pessoas que não procuram romance, é apenas recreativo, podendo sim caber as eventuais extravagâncias em extrapolar os próprios limites. Transar com uma mulher e, ao mesmo tempo, ter um pênis na boca, ou ser penetrado por outro homem, pode ser uma destas fantasias eróticas, vivenciadas por HSHs swingers.

Ainda na fase adulta, sabemos que, quando se trata de pegação, tudo pode acontecer, inclusive relacionamentos estritamente sexuais entre homens. É comum ver homens casados (héteros) em saunas e cinemas gays, por exemplo, à procura de sexo com outros homens sem, contudo, demonstrar interesse em querer uma continuidade daqueles relacionamentos. Eles preferem que sejam fortuitos, dispensando inclusive trocar número de telefone - e de preferência nunca mais se reencontrar novamente. Aliás, para o sexo sem nenhum compromisso, geralmente não é necessário saber nem mesmo o nome do parceiro.

Na infância, os psicólogos consideram normal o famoso troca-troca, assim como outras experimentações da nossa fase de aprendizagem e muitas descobertas. Ainda não se tem aqui a libido totalmente formada, sendo desenvolvida a partir da adolescência. Assim, também não podemos caracterizar como nenhuma definição de sexualidade neste momento.

Entre os adolescentes também não é tão raro ver situações de sexo entre garotos, com objetivo apenas no prazer ou na então experimentação sexual. Além dos hormônios, as mudanças físicas no próprio corpo e as dúvidas (grilos) que vem com tudo isso, é bem comum também na nossa sociedade enrustida, relacionamentos entre gays e os chamados bofes. Estes sempre se dizem heterossexuais ou, no máximo, bi, com os desejos afetivos de qualquer hétero: casar com uma mulher e ter filhos (mesmo pulando a cerca com outros homens).

Estes podem também ser garotos de programa, transando por dinheiro - profissional, sem envolvimento afetivo. Já os bofes e ocós, nomes usados para conotar aqueles que tem jeito de homem (másculo), que mantem relacionamento afetivo, seja com travesti, gay efeminado ou mais masculino, não são considerados HSH, por atrelarem ao sexo outros sentimentos (romance*) e compromissos além do puramente carnal - estes são gays ou bissexuais.  * A palavra romance foi utilizada no sentido pleno do Romantismo, com a inserção do casamento por amor, da monogamia, e até do sofrimento e ciúmes decorrentes como sentimentos nobres.

Veja também:
trailer da série policial gay HSH:


No mês passado foi divulgado no Youtube o trailer da websérie HSH, do roteirista e diretor Chico Amorim. Ambientada na cena gay do Recife (PE), é uma espécie de CSI gay, com narrativa de suspense investigativo.

O papel principal é interpretado pelo modelo Edilson Nascimento (foto), que dá vida a um ex-policial que é chamado de volta à corporação para descobrir a identidade de um serial killer que vem matando travestis na cidade.

Para desvendar os crimes, o personagem se disfarça de garoto de programa, rendendo cenas sensuais com homens pelados, e um pouco do universo HSH.

Ainda não há data de estreia. E esperamos que desta vez realmente aconteça. Lembra de CaRIOcas?




Veja mais fotos sensuais do modelo Edilson Nascimento,
protagonista da série HSH:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com