31 de mar de 2013

Pierre et Gilles

Mestres da imaginação

Pierre Commoy (1950) e Gilles Blanchard (1953), Pierre et Gilles, é uma dupla de artistas franceses, conhecida por seus trabalhos coloridos, brilhantes e gay, abrangendo representações em forma de retrato da figura humana, principalmente a masculina.

Os artistas se encontraram numa inauguração da boutique Kenzo, passando a viver juntos desde 1976. Com a proximidade e paixão pela mesma coisa, a arte, a dupla passou a produzir junto, já que Gilles era formado em Belas Artes, e Pierre, em Fotografia.

A principal técnica utilizada em suas obras é a do retoque. É como se eles editassem fotos de forma artesanal, um 'Photoshop' com tinta sobre fotografia, criando quadros estilizados, com a assinatura inconfundível de Pierre et Gilles. Pierre fotografava, Gilles pintava, retocando por cima. Eram obras criadas a quatro mãos.
Foto: Auto-retrato de Pierre et Guilles


Nestes retoques, a dupla cria imagens fantásticas (no sentido de fantasia, surreal), coloridas e bem contrastadas - uma terra dos sonhos -, ou retratos que revelam, quase sempre, uma história dramática e romântica, no meio de um vazio assombroso. Pierre et Gilles utilizava como objeto de observação e representação a cultura popular, a cultura gay, a pornografia e a religião, sendo um dos ícones da alta arte homoerótica contemporânea, ao lado de Tom of Finland e Jeff Koons.

São trabalhos que retratam pessoas comuns ou personalidades famosas, como o cantor andrógeno Boy George, do grupo Culture Club, já fotografado pelos artistas. A fama, tema bastante utilizado pela dupla, veio com suas imagens publicadas na revista Façade, com retratos de Andy Warhol, Mick Jagger e Iggy Pop. A partir daí, Pierre et Gilles fizeram várias capas de discos, de revista, mais retratos e produções de moda, ao mesmo tempo que seus trabalhos eram exibidos em galerias de arte. A primeira individual foi em 1983, na Galerie Texbraun em Paris.

Pierre e Gilles viajaram algumas vezes na década de 80 para a Índia, trabalhando em temas religiososmitológicos e místicos. Em muitos dos seus trabalhos, é possível ver a moda hindu com seus turbantes (utilizados pelos noivos indianos) e túnicas, além da mitológica imagem de Shiva, a deusa azul de quatro braços.

Por outro lado, a dupla de artistas também realiza trabalhos na arte aplicada como, por exemplo na publicidade, as peças produzidas especialmente para a Vodka Absolut. E na pornografia, fotografando o lendário Peter Berlin, símbolo sexual gay dos anos 70 e 80, e o pornstar Jeff Stryker.

A dupla fotografou, entre outras celebridades, Marilyn Manson, Madonna, Kylie Minogue, o grupo Erasure, Nina Hagen, a top Naomi Campbell, as atrizes Tilda Swinton e Catherine Deneuve, os atores Jérémie Renier e Layke Anderson e os estilistas Jean-Paul Gaultier e Paloma Picasso.


Veja mais imagens
no álbum de fotos Pierre et Gilles:

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este comentário poderá ser publicado no novo site homemrg.com