12 de out de 2013

RG: Titica, a estrela transex do Kuduro

Chão, chão, chão, chão, chão...

Teca Miguel Garcia (1986), mais conhecida como Titica é a nova sensação do kuduro, ritmo angolano que ganhou o mundo, assim como o funk carioca. A dançarina e cantora (ou MC) transexual virou ícone do estilo em Angola, sendo nomeada a Melhor Artista de Kuduro em 2011. Hoje, ela figura nas paradas de sucesso na Europa, além da África, botando a galera das boates e bailes do mundo inteiro pra dançar, inclusive no Brasil.

Nascida em Luanda, Titica deixou sua figura masculina depois de colocar seios no Brasil. E por aqui esteve por seis vezes, ensinando o kuduro até para Ana Maria Braga (veja o vídeo).

Veja mais: Fotos, Vídeos e Playlist

Titica no Mais Você

Para os brasileiros, o sucesso da estrela transex de Angola também é garantido, principalmente pela semelhança do ritmo com o funk carioca, com batidão frenético, letras proibidonas e coreografias agressivas, sempre insinuando posições sexuais - vai descendo até o chão... Assim como o funk, o gênero angolano mistura rap, música eletrônica e ritmos locais, numa fórmula que pretende não deixar ninguém parado.

Durante o dia, sua música é ouvida em todos os ônibus, ganhando as pistas de dança à noite, nos finais de semana, sendo sensação também nas festas infantis - afinal, quem não gosta de quebrar tudo? O sucesso internacional fez com que Titica, que canta em português, gravasse também faixas em outras línguas, como o francês, além de várias participações em programas de TV de diversos países.

Entrevista de Titica ao Hora Quente

Titica se apresentou no Concerto das Divas, um evento anual que contou com o presidente do seu país José Eduardo dos Santos, e no qual ela foi aclamada como uma das maiores divulgadoras da cultura angolana. Com formação em balé, ela começou no kuduro como dançarina de apoio de artistas como Noite e Dia, Própria Lixa e o bombadíssimo Puto Português.

A faixa Chão já é uma das mais tocadas da história do kuduro. Apesar da resistência aos homossexuais no seu país, Titica ganhou fãs no mundo inteiro, realizando shows em Portugal, Brasil (evento Viradão Carioca 2012), Inglaterra e Estados Unidos, entre outros cantos do planeta.

Em entrevista para a BBC, Titica se diz contente com o sucesso internacional, mas que nem sempre tudo foi flores. "Fui apedrejada, espancada e há muito preconceito contra mim, muita gente mostra isso. Há um enorme tabu", disse ela. Na música Olha O Boneco ela diz: Titica não tem medo de nada...

O diretor angolano Hugo Salvaterra, que esteve envolvido em um documentário sobre o kuduro para uma TV sueca, afirmou que Titica é uma artista da música antes de ser uma transexual. "Titica é talentosa, está fazendo boa música e tem um show fantástico, razões pelas quais as pessoas gostam dela", disse ele. Salvaterra afirma, porém, que embora a aceitação a Titica tenha crescido com sua música, ainda há resistências de setores da sociedade conservadores. Afinal, Angola é uma país religioso e a maioria dos cidadãos é católica.

Assim, é difícil imaginar uma boa aceitação à Titica em certos países africanos como Uganda, Nigéria, Malauí, Quênia e Camarões, onde homossexuais são regularmente vitimas de intolerância e violência - sem falar da Rússia, em se tratando de Europa. Uganda é apontada como o pior lugar do mundo para ser gay, sendo crime (ato ilegal) e gerando constantes ocorrências de tortura, estupro e prisões só pelo fato do cidadão ser gay.

Em Luanda, porém, há uma pequena cena gay, ficando mais fácil de ter uma melhor recepção, mas ainda longe de ser um paraíso ou destino tropical para a comunidade LGBT. Até hoje a homossexualidade é considera como ato imoral previsto pela legislação angolana.

Na música, Titica lançou sua primeira faixa como vocalista em 2011 (Chão), e o single Olha O Boneco, com a já consagrada cantora pop afro-portuguesa Ary (foto). O resultado foi de ficar em primeiro lugar nas paradas de sucesso por três semanas em Portugal e no Brasil. Este último na combinação perfeita com o funk, e depois de já termos nos rendido ao balanço de Lucenzo em Vem Dançar Kuduro, com a versão de Latino para a abertura da novela Avenida Brasil (o hit kuduro que virou febre no mundo todo), e do alucinante Balança / Levanta o Vestido do Zona 5.

Veja a Playlist com os sucessos de Titica:

Lista de Reprodução: Titica - Kuduru (Canal Homem RG no Youtube)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com