20 de abr de 2014

Musical: Naked Boys Singing

Pelados em cena!

Naked Boys Singing é uma comédia musical gay da Broadway, com o elenco formado só de homens nus o tempo todo em cena. Além dos oito anos nos palcos de Nova York, empolgando o público que vai em busca de diversão, além da curiosidade em ver homem pelado no teatro, a produção foi também adaptada para o cinema, com um super time de atores, cantores e bailarinos.

Veja o filme completo e legendado: Naked Boys Singing (2007) 1h 23 min


O musical "Cantando Pelado" foi produzido em 2007 por Kirkland Tibbels, com música de Nic. tenBroek. Dirigido por Robert Schrock e Troy Christian, o espetáculo traz no palco 10 peladões cantores: Kevin Alexander Stea (Naked Maid), Joe Souza (Bliss of a Bris), Phong Truong (Window to the Soul), Jason Currie (Entertainer), Joseph Keane (Perky Little Porn Star), Anthony Manough (Muscle Addiction), Andrew Blake Ames (Jack's Song), Vincent Zamora (Window to Window), Jaymes Hodges (Nothin' but the Radio On) e Salvatore Vassallo (Conductor).

A peça / filme apresenta o lado hilário das experiências gays dos personagens, através da música, da coreografia e, principalmente, da nudez masculina (sinopse). Logo no início, a mensagem "sem toalha o privado é público" abre espaço para histórias divertidas de amor, comportamento e autoestima - uma comédia rasgada e romântica, e cheia de 'trocadilhos do caralho'!

Se "despir da vergonha", em busca de um outro fim para a nudez que não seja para transar, tomar banho ou trocar de roupa, por exemplo. Reflexões sobre a busca de um olhar para si mesmo e da forma mais franca, sem "couraças" ou disfarces. Situações em que ficamos pelados, como nos vestiários de escolas, clubes e saunas, curtindo ou se envergonhando com a ideia de estar nu e de ver os outros também sem roupa - no mínimo, sensual e excitante, obviamente. A autoestima, comparando o corpo com os demais, e as paqueras, cobiçando os corpinhos sarados. Ou ainda, o poder que temos em despir os outros com a nossa imaginação.

As canções interpretadas pelos atores do musical comentam questões diversas, incluindo sobre as celebridades que faturam alto posando para revistas masculinas (de nu artístico ou pornográfico). Aliás, não é um filme erótico ou pornô, ainda que tenha constantemente o nu frontal, mas sem ereções ou cenas de sexo.
Veja também: O nu frontal masculino no cinema



Robert Mitchum, talvez um dos primeiros galãs de Hollywood a interpretar machões com pouca roupa no cinema, é homenageado em uma canção que fala de beleza, masculinidade / virilidade e da busca pela perfeição física. Se o assunto principal é o corpo nu e perfeito, é inevitável não comentar sobre as academias de musculação e as cirurgias plásticas, tudo em favor da aquisição de um corpo impecável e sempre jovem (Muscle Addiction) - incluindo também o fascínio pelo boy magia (Perky Little Porn Star).

No ato "Só para Membros", definições para o pênis e suas finalidades de acordo com cada filosofia de vida ou ponto de vista. É quando surge um coral de homens pelados cantando nomes e apelidos para o famoso e querido "membro". O refrão clássico "Aleluia!" é substituído por "Que caralho!", depois de descreverem a grande diversidade de formas, tamanhos e cores do órgão genital masculino - o verdadeiro amigo do homem. Ver também: 120 Nomes para o pênis

Os anseios dos personagens podem ser facilmente identificados pelo público, como o artista (Entertainer) que sonha em ser uma diva glamourosa. Por sua vez, os namorados declaram o amor e a saudade, clamando por seus amores. Segundo estes amantes, é quando estamos mais expostos e, ao longo da relação amorosa, cada vez com menos segredos entre si. Ou nas frases: "olhar para o meu corpo e tentar ver quem eu sou" e "assim, ao natural, como qualquer mortal".


4 comentários:

  1. teve um musical que o sacana do Alexandre frota fazia junto com o caetano do bbb todos nus eram uns 9 passou no gugu uma vez ha muito tempo todos mostrando a bunda gostari de ver esse video tem como?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o musical Blue Jeans sob direção de Wolf Maya (décadas 80 e 90), que revelou galãs como Humberto Martins, Fábio Assunção, Alexandre Frota, Marcos Pasquim e Danton Mello. Já o vídeo, também queria ver! Se alguém tiver, indique por favor, ok?

      Excluir
    2. não é o blue jeans foi outra peça do inicio dos anos 2000 ele fez com o bbb caetano e tinha mais uns 8 passou no domingo legal todos de bunda de fora gostaria de ver esse video novamente
      o do blue jeans vi uma foto uma vez na revista ele e o raul gazola de bundas de fora muito bom tabm

      Excluir
  2. hum será que rola sacanagens nos bastidores dessas peças ? na novela uga uga só tinha macho nu

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com