18 de nov de 2015

Mangina selfie e o homem mangina

O que é isso?

Já ouviu falar de homem mangina? E o que seria uma mangina selfie? De qualquer forma, certamente já brincou de fazer uma "xota" escondendo o pau e as bolas entre as próprias pernas... Mangina é justamente a junção de man (homem) + gina, de vagina, ou seja, vagina masculina. Além de utilizado também para designar o "homem capacho", desde o início do ano o termo virou meme nas redes, com milhares de fotos de homens pelados escondendo o pinto no meio das coxas: as mangina selfies. Que seja uma simples troça, técnica de travestismo ou estilo de vida, a hashtag mangina chegou a ter mais de 20 mil registros só no Instagram, dando destaque para esta que é certamente uma das mais antigas e hilárias brincadeiras exclusivamente masculinas.

Depois que a febre das selfies começou, diversas modalidades foram sendo criadas e, como não há limites para a criatividade, a exibição da intimidade também veio a se expandir nas redes sociais. Neste sentido, primeiro vieram as selfies pós-sexo (#aftersex), com casais compartilhando suas expressões de satisfação logo após a foda. Depois foi a vez das belfies, com closes da bunda, sem falar na cum selfie ou as cock selfies, mostrando-se de pau duro ou gozando, e uma infinidade de outros tipos de autorretratos sensuais (erótico ou pornô) tirados no celular, incluindo o uso de um suporte criado especialmente para a prática, o bastão ou pau de selfie (selfie stick).

Contudo, redes como Instagram, Facebook, Google+ e Twitter são contrárias à exibição de nudez e pornografia, vetando até propostas artísticas ou de caráter científico, caso apresentem estas "indecências" - e vai saber quais os reais critérios, pois é comum vermos fotos e vídeos bem "indecentes" de mulheres, como se houvesse uma maior e estranha tolerância, permitindo a publicação de material tão ou mais pornográfico do que os que são vetados, talvez pela cultura predominantemente machista e, ou sexista que ainda vivemos, inclusive no senso virtual (uma defesa tipicamente mangina!).

Por outro lado, as mangina selfies não deixam de ser uma maneira de burlar esta censura da internet, ao passo que não há exibição do genital, muito pelo contrário: ele estaria bem escondidinho entre as pernas... Ou uma mera brincadeira, sem maiores agressões visuais e sem a necessidade de qualquer proibição puritana - a tal liberdade de expressão ainda é controversa nas redes e na comunicação social em geral, onde ainda se perpetua nichos diferenciados ou específico para cada tipo de expressão, levando em consideração apenas seu potencial lascivo (e superficial) e nada mais.


Encubando a mala

E até porque esta brincadeira, comum entre os homens, em encubar a mala, é tão antiga quanto pueril, podendo gerar imagens muito mais cômicas do que propriamente eróticas. Contudo, entre os transexuais (não operados), travestis, crossdressers e drag queens, existe pelo menos três maneiras de camuflar o volume da mala, trouxa ou pacote:

1 - Cache-Sex - comprada em lojas especializadas e muito semelhante a um tapa-sexo, esta peça tem a função de achatar o pênis, apertando e prensando também os testículos contra a área pélvica, deixando-a lisa e anulando a tal protuberância (bulge). Seu nome vem das antigas tangas indígenas, com a parte triangular da frente feita em material rígido (de casca de coco ou cabaça), para "esconder" as partes íntimas;

2 - Tuck - a anatomia masculina possui uma área entre as pernas, localizada logo na cavidade interna do saco escrotal, por onde passam os canais que ligam os testículos à próstata. É nesta cavidade que é possível esconder as bolas (apenas os testículos, sem o saco), empurrando uma por uma com jeitinho. Isso já diminuirá consideravelmente o volume no meio das pernas, haja vista que os testículos, que são rígidos, não poderão ser amassados como o pênis, que é feito só de carne, portanto maleável. O trabalho é finalizado usando uma tanga bem apertada para achatar o pênis para trás, junto com a pele do saco. Ainda neste truque, manter-se durante 5 minutos numa banheira com água fria também poderá fazer com que os próprios testículos venham a se esconder no local citado, por ser uma defesa natural do corpo em protegê-los do frio, assim como vemos diminuir drasticamente o tamanho do pênis e do saco (ele fica bem comprimido, enrugado e durinho) após um banho de água gelada, por exemplo;


3 - Taping - semelhante ao método anterior, com a diferença que o saco, ao invés de ficar sob o pênis (quando este é puxado para trás), envolve o genital, dando a sensação de lábios vaginais, utilizando uma fita posteriormente puxada para trás, por entre as nádegas. O grande diferencial mesmo, embora mais trabalhosa, é que esta técnica não restringe a circulação, permitindo até urinar sentado (!!).


Homem mangina

Homem mangina também é sinônimo de emasculado (castrado, capado) ou para casos chamados de "micro-pênis" e até de genitália ambígua, ou ainda,  aquele que se submete aos desmandos da mulher: o "homem capacho". Uma relação que vai além da submissão, onde este tipo de homem se envergonha da própria sexualidade (lendo-se virilidade), falando mal frequentemente de outros homens em favor das mulheres.

São homens que dedicam suas vidas a conseguir audiência das mulheres de forma humilhante, numa espécie de vício ou dependência incontrolável por migalhas de atenção feminina. Ou apenas se identificam tanto com as mulheres que se tornam sexistas, apoiando-as em tudo só por serem mulheres, bem como privilegiam este gênero em detrimento dos outros. É o chamado "macho lacaio" do movimento feminista ou "macho feminista", invertendo a cultura que coloca o homem no topo para ter as mulheres como superiores e ele (o homem), sentindo-se então como um ser inferior. Daí a relação de submissão para com o sexo feminino entre os manginas, incluindo as possibilidades sadomasoquistas, entre outros tipos de relacionamento agressivo.

Estes são algumas definições para o termo mangina, que, além da gíria depreciativa para se referir aos homens que têm um imenso lado feminino, "frágil", a ponto de se colocar o tempo todo no lugar das mulheres, ou para aquele que vive apanhando de mulher, inclusive em público, e ainda se sente recompensado com isso, é também usado para apelidar o ânus de homens gays ou bissexuais, tratando o tal buraco como se ele fosse uma vagina - na gíria brasileira, "cuceta", podendo também a boca fazer a vez deste "buraco" através de sexo oral (gagging, gag). Ou seja, qualquer forma de satisfação puramente sexual na penetração, proporcionada por um homem no (suposto) lugar de uma mulher ou vagina (fagotfag, bitch, "bicha passiva", "cadela", "puto").

teste escravo oral 

A propósito, entre os homossexuais, é bastante comum termos comparações com o modelo heteronormativo, das relações monogâmicas como namoro ou casamento, e ainda com planos e sonhos de durarem "para sempre", ter filhos... Até os posicionamentos sexuais conhecidos como "ativo/passivo". Esta suposta "mulher da relação", que muitos ainda procuram quando se deparam com um casal gay (inclusive de lésbicas), como se houvesse apenas esta maneira dualística de se relacionar sexual e afetivamente, também pode ser chamada de mangina - "quem faz o papel de mulher, quem vai ser a mulherzinha, a putinha?".

E por falar em sexo, uma posição também bastante comum, pelo menos nos filmes e vídeos pornô, é quando se paga um boquete por trás, com o parceiro de quatro e puxando o pau duro dele por debaixo e entre as pernas, fazendo então um blowjob mangina ou até mesmo um mangina fuck... Incluindo os que conseguem se comer (!!) - além do selfsuck, há também o self fuck, onde o cara introduz o próprio pênis no próprio rabo, fazendo justamente uma mangina para conseguir este feito.



video
Jason Crew mangina self fuck

Pelo visto, um simples ato curioso e inocente, em passar a rôla por debaixo das pernas, pode ser também uma série de outras coisas, dependendo apenas da intenção, se é pura brincadeira ou palhaçada de homem, safadeza, disfarce feminino ou uma maneira de se posicionar na vida e na cama. O humor vem com esta atitude lúdica e facilmente identificada pelos homens, desde os tempos de moleque, experimentando o próprio corpo e fazendo inclusive piada com ele.



Galeria:
#Mangina
 Confira as melhores mangina selfies da internet!


















Um comentário:

  1. Achei este post super interessante, com informações importantes, muito bom.
    Qto ao vídeo, essa marquinha no bumbum, esta voz deliciosa, essas mãos, esse jeito único de ser, tudo, impossível não saber. Menino do Rio, AD, que saudade de vc!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com