23 de abr de 2016

"Be Sexual" por Antonio da Silva


"São homens bissexuais casados, que demonstram como se satisfazem em banheiros públicos. Descrevem como se sentem ao ser atraídos por homens e onde essa emoção se ajusta em suas vidas de casados. Estes homens possuem e vivenciam vidas duplas, e questionam a necessidade da rotulagem bissexual. Tudo que eles querem é ser sexual." É como o cineasta Antõnio da Silva resume a bissexualidade masculina, apresentando seu mais novo curta-metragem, Be Sexual, que teve estreia mundial hoje, no Outview Queer Film Festival, em Atenas, Grécia. Já a premier nos EUA será em 26 de junho, na Tom of Finland Foundation, integrando a Queer Bienal II, em Los Angeles.

video
BE SEXUAL By Antonio da Silva 2016 Trailer

Com 11 minutos de duração, o curta reflete o clima tenso e (por isso) bem excitante entre os chamados "héteros curiosos", gays não efeminados, "discretos", ou homens bissexuais, num certo sentimento de desejo insatisfeito, sendo esta insatisfação parte do próprio desejo. Como se estes homens buscassem algo, sabendo que o que querem é meio impossível (paixão platônica) e, portanto, dando mais valor para os meros detalhes - um lance qualquer, que pode nem ter graça para os que já estão acostumados, para os "curiosos" ou bissexuais eventuais, uma simples olhada (manja rôla), mão amiga, "encoxada" ou patolada pode ser suficiente para chegar ao êxtase, haja vista que o que está em jogo é a subversão ou experimentação da própria masculinidade, em relação ao gênero e à premissa heterossexual.

Veja também:
Por que os gays querem homens casados e os casados procuram machos?

E o tesão só aumenta, se associarmos estes sentimentos ao prazer pelo secreto e às nossas confissões mais íntimas, ainda que em público ou com desconhecidos. Muitos chegam ao orgasmo simplesmente por ver uma baita aliança nas mãos do outro, ou tendo qualquer intimidade erótica com aquele que jamais imaginaria ter chance. Uma suposta bissexualidade enrustida, sendo assumida apenas em locais como banheiros públicos, vestiários, alojamentos, inferninhos gays (cinema pornô, cabines eróticas e saunas gays), na discrição ou no anonimato das quatro paredes, tão necessárias e estratégicas no jogo erótico masculino.


A busca por relações gays entre homens socialmente heterossexuais, o cruising (pegação), mais especificamente onde tudo começa, no mictório de banheirão, é documentado também (com legendas em Inglês, Espanhol e Português) através de relatos de alguns participantes da série Bankers, sobre a própria bissexualidade e as motivações que os lavam a experimentar ou até preferir as relações sexuais entre homens:

  • Alguns homens gostam da própria ideia de pessoas bissexuais, ou heterossexuais, eles se excitam com isso. Eu tento não definir quem eu sou, em termos de sexualidade, porque gosto de homens mas também gosto de mulheres. Não se pode rotular.
  • Homens ficam bem másculos de terno e gravata.
  • Existem muitos homens bissexuais casados que não se assumem, e todos eles anseiam pela mesma coisa que eu busco encontrar.
  • Não é só porque um homem entende de pênis mas um homem entende outro homem. Homens terem sexo com outros homens é muito masculino, e isso é o que o faz tão diferente.
  • Conforme a minha experiência, os homens são melhores em sexo oral.
  • Fui passivo uma vez. Faço às vezes para dar prazer a outros homens.
  • Costumam ser casuais, rápidas e até funcionais. É um escape da normalidade, talvez seja isso mesmo, uma escapatória.

O premiado cineasta Antonio da Silva diz que seu trabalho é "conduzido por rotinas diárias e experiências pessoais". O artista português e morador de Londres diz ainda sempre ter sido fascinado pelas temáticas sexo masculino e sexualidade. Assim, seus filmes exploram como objeto de observação o cruising, o sexo em público e o voyeurismo. Embora não se considerar um pornógrafo ou "artista queer", o sexo explícito está presente em boa parte de seus curtas, bem como o homoerotismo, de forma porém mais artística, possibilitando suas exibições em festivais do mundo todo - esteve inclusive no Rio, filmando Cariocas.

Filmografia: BE SEXUAL (2016) ECOSEXUAL (2015) DOGGERS (2015) SPUNK (2015) SOLOS (2014) LIMANAKIA (2014) BEACH 19  (2014) NUDE DUDES  (2014) CARIOCAS (2014) DANCERS  (2014) PIX  (2014) Daddies  (2014 ) GINGERS (2013) BANKERS  (2012) JULIAN (2012) MATES (2011).

Veja também:
Antônio da Silva: registros do sexo masculino

video
Ecosexual

video
DOGGERS

video
CARIOCAS

video
Antonio da Silva films 2011 to 2014

Site Antonio da Silva:

7 comentários:

  1. Há quem diga que o ser humano é potencialmente bissexual,será?
    Eu juro que não sou.

    ResponderExcluir
  2. Acredito que a bissexualidade não parte do fato de um homem desejar outro . Eu por exemplo sou casado 48a adoro mulheres e não desejo outro homem nem tão pouco me vejo alisando agarrando ou sendo da mesma forma por outro homem mas afirmo que não sei porque , adoro ver um cacete bonito e também confesso que tendo oportunidade gosto de mamar com vontade , gosto de sentir o cacete em minha boca , e também gosto de dar e pensar naquele momento que tem um homem comendo meu cú . A sensação não sei explicar , só sei que é ótima e não me vejo ´bi por isto , se alguém entendido puder falar sobre o assunto , gostaria de saber mais . Não me interessa os que julguem ou querem simplesmente dizer que é gay pois tenho o interesse de entender melhor sobre o que penso .

    ResponderExcluir
  3. Não digo que sou bi sexual embora tenha tendências bi . Sou casado a 20 a adoro mulheres mais uma coisa me intriga e muito . Não consigo me imaginar alisando e sendo alisado fazendo qualquer tipo de caricia no cidadão e vice versa , porem confesso que já chupei vaias vezes um cacete e até já dei o cú para um cara . Não posso ver um cacete que logo quero mamar e não é pouco , dai a ficar alisando cheio de graça não dá. Atualmente conheci um dentista que por sua vez meio tarado , eu estando na cadeira por varias vezes ele arranjava uma posição para que o pau dele encostasse na minha mão e eu relutei até que criei coragem e deixei e dei corda. Bom , aconteceu , e hoje sempre que posso marco o ultimo horário e rola mão naquilo a quilo na mão e lá estamos nos chupando e pra finalizar ele me come e eu adoro . Em algumas vezes que nos encontramos em qualquer lugar diferente sempre rola um boquete que eu mamo é claro . Uma coisa que nuca aceitei e acabei me rendendo foi beijar na boca que acabou por ser algo profano e tentador por estar fazendo mais uma coisa dentro dos tabus e inperfeições deste gênero desconhecido . BH MM

    ResponderExcluir
  4. O que é ser bi? Ando meio confuso sobre tudo que venho lendo sobre o assunto porque me vejo em um caminho confuso . Não suporto pensar em outro homem me alisando fazendo caricias dando beijinho aqui e ali e vice versa ,porem quando vejo um cacete como este que está em destaque , logo me vejo mamando nele e com muita vontade , quero engolir todo e não largar , e não me importo de tê-lo atolado no meu cu , mesmo que não haja tesão pois o que me dá prazer é saber que estou praticando algo pervertido e desafiando as leis do obvio . Não sei explicar mas certo é que já tentei entender e não consigo e se tiver a oportunidade (coisa rara ) de acontecer , eu quero chupar .

    ResponderExcluir
  5. Ser bi é sentir atração sexual por ambos os sexos.. se vc gosta de transar com mulher e com homem, vc é bi. Simples assim. Pelo relato do cara acima.. vc gosta de transar com mulher, mas também curte bastante ser penetrado e fazer sexo com outro cara tbm. Ou seja, você é bissexual. Só pq vc não quer "casar e viver com outro cara pra sempre" tal como deseja com uma mulher.. não quer dizer que vc nao seja bissexual, visto que a atração sexual existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu guegu . O simples fato de alguém ter dado atenção a minha dúvida , me traz alento . Vou continuar lendo sobre o asswunto e tentando exclarecer pouco mais quaisquer dúvidas no meu caminho . Abraço. Anônimo de 16 DEZ 2016 .

      Excluir

Este comentário poderá ser publicado no novo site homemrg.com