13 de set de 2014

Pesquisa: o mundo é dos discretos!

Gay macho, bicha enrustida ou cara discreto? Ser e gostar, eis as questões.

Basta uma rápida olhada nas salas de bate-papo (chat) e comentários em páginas afins para comprovar um clássico da pegação gay: "Discreto (ou 'casado'), procuro homens também discretos; não curto efeminados...", etc. Entre pessoas e lugares, o estilo discreto de ser parece mesmo o mais praticado e o mais cobiçado. Para os que preferem ficar bem quietinho no armário, até os mais assumidos, realizando suas fantasias e 'atos não convencionais' de maneira bem... discreta.

Pelo o que consideramos 'coisa de homem' (versus 'coisas de mulher', 'de gay', etc.), os "discretos" são aqueles homens com visual e jeito mais másculo, que não dão pinta nem são reconhecidos como gays. Nesse jogo de termos e gírias, trata-se de homossexuais ou bi, ou "curiosos", que realizam seus desejos gays em segredo. Assim, natural ou forçadamente, vão em busca de relações sexuais casuais, sem maiores compromissos ou intimidade na vida.

Na Pesquisa Homem RG, 22% dos homens se consideram totalmente enrustidos, na condição de que 'ninguém sabe' ou  apenas desconhecidos. Os outros 78% dividem sempre com alguém da família, amigos íntimos ou colegas, com 53% onde a família e amigos sabem da sua preferência homossexual. Assim, podemos dizer que a maioria é formada de gays assumidos, ainda que... discretos.

Coincidentemente ou não, 32% revelam que não se relacionam afetivamente, preferindo apenas sexo. 27% só namoram (enrolam) e 40% namoram com o intuito de casar.


O terror e a paranoia em ser descoberto, digo, discreto

Dizer que determinado comportamento ou atitude é certo ou errado é algo, no mínimo, subjetivo de mais e dependente das circunstâncias. Porém, existe um padrão, digamos cristão e heteronormativo. Assim, a maioria se coloca, perante à sociedade, como "discreto", situando-se no visual e comportamentos tidos como normais (de norma mesmo). E se o assunto é a realização dos desejos "anormais" ou incomuns (em comparação com o padrão papai-mamãe), estes são geralmente resolvidos na vida íntima, dentro de quatro paredes, escondido ou, no máximo, combinado previamente quanto à exposição dos parceiros.

Logo nos tempos de hoje, onde a plaquinha com um smile dizendo "você está sendo filmado" está por toda parte, além dos próprios celulares e os dos outros. Vídeos e fotos de paparazzi de famosos em situações polêmicas são garantia de sucesso na fofoca. E levando em conta que muitas dessas sacanagens são praticadas por homens comprometidos (casados, noivos e namorados), seria o fim para estes vazar um flagra deste tipo. Este talvez seria o grande horror dos que fazem questão em ser discreto.

Ao se fazer algo escondido, vem a adrenalina ou pânico em ser descoberto, revelado por alguém conhecido. Daí, o ser discreto e fazer as coisas nos lugares discretos. O famoso manja rôla e seus óculos escuros.


O local discreto

Na hora da sacanagem, do sexo sem compromisso, qualquer lugar é válido, principalmente quando há total discrição. Ou seja, "ninguém vai desconfiar ou imaginar que estava rolando uma pegação ali". Por outro lado, lugares de pegação do tipo cinema pornô, cabines eróticas, saunas, também podem ser lugares discretos.

Infelizmente, muitos desses inferninhos não têm nem a entrada discreta, dificultando a presença de homens mais discretos ou tímidos. Muitos são de frente para um ponto de ônibus, bilheteria de frente pra rua ou outras quebradas, desencorajando a visita de um curioso enrustido, por exemplo. Se fosse para abranger um público maior, melhor seria se esses points de pegação estivessem localizados de maneira mais... discreta.

Na hora da pegação, estes seres discretos costumam dificultar o gaydar dos interessados. Se são realmente discretos, quase não dão dicas. Ou melhor, agem como qualquer homem heterossexual e másculo. Como se não bastasse, ainda que o cobiçado seja gay, continua a incógnita se este estaria disponível para paqueras.

Para isso servem os locais de pegação, saunas, cinemas pornô, cabines eróticas, boates, entre outros inferninhos, onde o público é assumidamente (pelo menos, naquele momento e lugar) interessado em ferver na sacanagem, incluindo aqueles que procuram um par ideal, além de somente sexo. Ainda de interações ao gosto do freguês (passível de escolha), porém na certeza de que, pelo menos, o outro curte a mesma coisa: pegação com outros homens e, de preferência, mantendo o anonimato.

Vídeo Pornô
Veja o filme Citebeur Cuban Sex God (Completo) com cenas de pegação gay entre discretos, em cabines eróticas com glory hole:



Macho ou fêmea?

Entre os vários tipos de homens, podemos polarizar em basicamente duas caricaturas: o machão ou másculo e a biba, mais feminino, efeminado.

Aliás, costumamos dizer "afeminado", mas isto seria algo sem nenhuma característica feminina. Ou seja, afeminado é o mesmo que másculo ou machão - 0% feminino. Já 'efeminado' seria o que entendemos por "afeminado", com modos e, ou aparência mais feminina do que masculina.

Ainda de acordo com a pesquisa do blog, 90% dos homens se consideram másculos, contra 10 % que se acham efeminados. Quando o assunto é atração, o objeto de desejo, os números também são equivalentes: 93% preferem homens másculos (19% preferem os 'muito macho'), contra 7% que gostam de efeminados, ou como todos dizem, "afeminados".

Na aparência, mais especificamente quanto ao vestuário, 83% dos homens que responderam a pesquisa são do tipo básico: 6% que só usam boné e bermuda, 67% que usam basicamente jeans e camiseta, e 10% do clássico social ou terno e gravata. Dos estilos listados na pesquisa, os que podemos considerar menos clássicos, 10% são do tipo fashion, nerd, roqueiro, hippie, etc. A maioria é mesmo de "gente comum", adeptos da boa e velha calça jeans, t-shirts e tênis.

Já as preferências são mais variadas, ainda que mantendo o mesmo gosto pelos estilos mais masculinos, clássicos e... discretos. Veja o quadro a seguir (Pesquisa HRG - Clique aqui para responder), sobre os tipos de homens mais atraentes:

Que tipo de homem lhe atrai mais?
79%Básico (jeans e camiseta)
55%Clássico (calça e camisa social ou terno)
51%Boy (boné e bermuda)
49%Esportivo (uniformes de clubes, moletons e agasalhos)
31%Nerd
22%Peão (chapéu e botas)
22%Skate
17%Fashion
14%Roqueiro
13%Leather (couro, jeans rasgado, correntes)
9%Hip Hop / Basquete
8%Hippie
8%Rolezinho (Funk, Pagode e Forró)
5%Punk
2%Emo
2%Transexual
2%Travesti; Crossdresser
Pesquisa Homem RG  Set./2014.


Para ilustrar melhor, vejamos alguns tipos de homens gays, usando como exemplo os personagens da novela Império:

Cláudio Bolgari (José Mayer) - o "casado", enrustido, bissexual por conveniência, mantém relacionamento gay extraconjugal estável e secreto perante à sociedade; o discretão // Téo Pereira (Paulo Betti) - a bicha bafão, espirituosa, emotiva, escandalosa, pintosa (afetada) ou "indiscreta" // Xana Summer (Ailton Graça) - a trava gente boa do bairro, quase uma santa; lady // Leonardo (Klebber Toledo) - o tal gay discreto e assumido.

Geralmente, a sociedade determina uma certa idade para ser efeminado - as novinhas (adolescentes), que tudo podem. Contudo, é uma fase muito rápida da vida, fazendo desta sociedade algo, no mínimo, cruel. Para os adultos, pelo menos atualmente, a regra geral é ser discreto. A maioria é ou quer ser 'hétero' no dia a dia e, se mantendo relações íntimas com outros do mesmo sexo, é preferível que seja de forma discreta.

De acordo com o quadro acima, dos tipos de homens mais atraentes, quanto mais discreto ou comum, mais gente se interessa. Ainda que na cama seja outra história, a primeira impressão mais desejada é mesmo a mais discreta, sem maiores sustos. Não se trata do mérito ativo passivo. Afinal, sabemos o que todos querem. Só vai depender de com quem, onde e quando. Mas o fascínio pelo homem másculo, macho, viril ou, simplesmente, de estilo masculino, reflete em muitos como um disfarce, gerando assim o esteriótipo discreto.


Em suma, os homens gays preferem ser discretos socialmente por ser este o padrão mais aceito por todos (pelos patrões, docentes, vizinhos, amigos, colegas e família). Ou por não querer chamar atenção para a sua homossexualidade, preferindo ser gay apenas na intimidade. O mesmo se reflete no gosto geral das pessoas que gostam de homem, com atração especial pela masculinidade. Afinal, ainda há muito preconceito contra qualquer coisa diferente do que julgamos como "normal" ou comum.

Assim, somente com o tempo, com a floração completa da diversidade no comportamento das pessoas (sem padrão ou discriminação), é que esta, digamos, ditadura hétero ou homofobia (sim!) poderá finalmente virar coisa do passado obscuro da humanidade.

Contudo, ser gay e discreto nem sempre é sinônimo de enrustido. Além de poder ser uma mera fachada, teatro, também aqueles que já saíram do armário, há tempos, podem preferir ou, simplesmente, ser (naturalmente) uma bicha discreta, caso seja este o seu próprio estilo ou traço visível de personalidade.

4 comentários:

  1. masculo viril é o tipo perfito efeminado é uma merda ninguem merece isso não tenho tesçao nenhum

    ResponderExcluir
  2. Sou discreto, reservado em td q faco.
    Acho q sexualidade so eh importante para cada um.
    Odeio delicadesa.
    Curto masculinidade.
    Tenho orgulho em ser homem.
    E foda-se essa sociedade hipocrita.
    Onde homens podem se matar mas nao podem se bjar.

    ResponderExcluir
  3. Ahh kkk
    Esqueci de falar.
    Sou metaleiro kkkk
    Uso apenas camiseta preta e jeans kkk
    Vlw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Po que massa, penso o mesmo se quiser troca ideia mano me add no skype leandro.vilo1 abração

      Excluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com