11 de mar de 2015

Humor: héteros experimentando a viadagem!

Tá me estranhando?! Experimente!

Ou "como na primeira vez". Os mais experientes certamente se lembram das primeiras situações eróticas, sexuais, curiosidades pra lá de safadas ou das primeiras investidas e toda estranheza destes momentos tensos - o coração saindo pela boca! Comparativamente, veremos alguns vídeos, onde heterossexuais são convidados a participar de uma brincadeira, a fazerem coisas, digamos... não muito usuais entre homens (hétero) ou que apreciam mais o gênero oposto. E perguntam para eles não só responderem, mas também experimentarem as questões: 1) Como seria beijar de língua outro homem?  2) Como você se sentiria, abraçando outro cara, estando os dois peladões? 3) Qual a sensação de enfiar um vibrador no rabo? Veja os vídeos!

Naturalmente, experimentamos a própria sexualidade antes mesmo de sabermos o que mais nos atrai. Afinal, para nos convencer do que realmente gostamos (ou nos dá prazer), é necessário ver também o outro lado da moeda, nem que seja só para confirmar ou por simples curiosidade..

Nos vestiários masculinos, no dia a dia entre outros homens ou sozinho no quarto ou no banheiro, podemos ficar intrigados com certas situações que se apresentam como fato novo ou de maneira diferente do que seria considerado padrão tradicional ou normal. Entre as nojeiras pueris, de comer meleca ou querer saber como é o gosto da própria porra, ou enfiar o dedo ou um objeto roliço no cu, podem ser atos irresistíveis para a curiosidade explosiva da nossa infância e adolescência, independente da sexualidade (ou masculinidades) que irá se consolidar na vida adulta.

"Então é por isso que o cara pega as muié tudo!"

Querer reparar no corpo do colega, o tamanho do pau dele, a bunda, se é peluda, pode não ser tão livre assim, onde a maioria ainda "manja rôla" de forma bem discreta, talvez pelo grande tabu que vivenciamos sobre a nudez e o sexo. Muitos nem se atrevem a olhar o saradão de sunga na praia, desviando o olhar penosamente, ainda que aquilo seja sua preferência, ou morrendo de medo de ser rechaçado: "Ó, tá até babando secando minha pica!"; "Tira o olho da minha bunda!"; "Mmm... boiola!". "Tá me estranhando?!"; etc. Mas é comum todos quererem conferir o outro, inicialmente para comparar com a gente mesmo e formarmos nossos parâmetros e referenciais.

Podemos comparar também com o que reza a cultura indígena, onde não há pudores aos moldes do pós-cristianismo. Não há vergonha em se mostrar, muito menos o próprio corpo ou as próprias paixões e desejos, sem nenhuma repressão ou explicação para o que seria, no trivial, vexatório.


Hétero usando um vibrador pela primeira vez

Straight Guy Bottoms For First Time!

O dia em que um hétero resolveu usar um vibrador! E o que ele achou desta experiência? "Esse negócio de brincar com o 'portão de desembarque' é algo realmente bom", diz o cara do vídeo sobre a sensação que teve ao usar, pela primeira vez, um vibrador. O vídeo, postado no canal  DaveyWavey, mostra Donald, um hétero convidado a experimentar o tal ato, usando o brinquedo consolo e contanto, francamente, aquela nova experiência. Depois de uma certa dificuldade para enfiar o pau de borracha, o estreante na "passividade" contou: "Você se sente bem" - com o vibrador enfiadinho no cu, indicando que 'a experiência' não terminaria por ali.


Amigos se vendo e abraçando pelados

Guy Friends BFF's See Each Other Naked For The First Time

Olhar para outro homem já pode ser algo impensável para muitos homens, claro, heterossexuais e até machos o bastante para evitar qualquer contato com o mesmo sexo. Imagine então ser "obrigado" a olhar para outro homem e, ambos, nus? E tem mais: sem desviar o olhar, podendo tocar e até abraçar?! É o que propôs o canal BuzzFeedVideo, colocando duplas de amigos juntos e pelados, para testar as reações e, principalmente, as sensações de quem fazia isto pela primeira vez. Um deles dispara, ao ver o tamanho do pau do colega: "Não é de admirar que a mulherada pira!" - insinuando, com espanto, o tamanho GG da rôla do seu best friend, agora, forever. Por outro lado, o mesmo tabu que nos desconcerta nas primeiras relações íntimas e, ou nas situações eróticas com desconhecidos, promove também a libido ao sentir, por exemplo, a coxa de um estranho encostando na sua, em pleno metrô ou busão.


Homens se beijando pela primeira vez

Guys Kiss Guys For The First Time

FIRST KISS Gay Version from New Zealand

Ou no primeiro encontro entre desconhecidos. E não é que, beijar um homem pode ser a mesma coisa que beijar uma mulher? Se tirar o batom, o beijo, seja entre homens,  entre mulheres ou no tradicional homem / mulher, será sempre o encontro de lábios e línguas. Tirando as fragrâncias, perfumes que costumamos usar, creme dental e pastilhas refrescantes, será inicialmente cheiro de boca e de saliva - cheiro de cuspe ou do que o outro bebeu ou comeu. O First Kiss já havia virado meme com o vídeo de Tatia Pilieva, para a grife de moda Wren, onde 20 modelos atores se beijam na boca, após se encontrarem pela primeira vez. O que rendeu também experiências com homens heterossexuais se beijando e beijo gay entre estranhos, como continuidade desta investida. Um viral que nos intriga, no mínimo, quanto à supervalorização do tal Beijo na Boca (e de língua!) e da tal primeira vez. E até da ilógica de "não gostar, sem nunca ter comido".




"Então, vamos beijar de olhos abertos ou fechados?"

Um comentário:

  1. gostei do primeiro video queria ver mais a continuaçao desse video com heteros enfiando o dildo no cu

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com