16 de ago de 2015

Queer Art Festival

Gay Cult

Entre os festivais e encontros de arte e cultura gay em todo o mundo, o Festival de Arte Queer (QAF - Queer Art Festival) acontece anualmente no Roundhouse Community Arts and Recreation Centre, em Vancouver (Canadá), celebrando as mais diversas expressões criativas, de artistas visuais a performáticos, dança, música, teatro e literatura - que se identificam com o rótulo LGBT, Queer ou, simplesmente, Gay.

A Queer Art ou Homo Art é um movimento artístico que ganhou força nos EUA e na Europa a partir da década de 1980. Suas criações abordam, de forma direta ou sutil, questões relacionadas à homossexualidade, com ligações à arte homoerótica, à arte conceitual e contextual.

Além das exposições de artes visuais, com curadoria e tudo, uma série de eventos, entre entretenimento, espetáculos e oficinas para adultos e jovens são oferecidos ao público em geral. A programação da QAF vem sendo considerada como "concisa, brilhante e comovente" (Georgia Straight), "uma bonança cultural explícita" (Vancouver Sun), "alguns dos mais aventureiros de todos os festivais de artes daqui" (Vancouver Province) ou "na vanguarda do diálogo estético e cultural de hoje" (Xtra). Aproveitando o poder visceral das artes para inspirar o reconhecimento, respeito e visibilidade das pessoas que transgridem gênero e normas sexuais conservadoras, o festival gay de Vancouver sugere um encontro íntimo entre artistas e público que, através da troca ou compartilhamento de ideias, trazem diversas contribuições à cultura em geral, especialmente quanto a inclusão e representação do segmento queer - a propósito, uma celebração da rica herança histórica de artistas, obras e feitos relacionados à cultura gay.

LornaRichards2012.mov

ALIEN SEX (final H264) from Queer Arts Festival

O QAF começou em 1998, com um coletivo de artistas visuais que montavam exposições anuais. Incorporado a Not for Profit BC Society, em 2006, o festival montou sua primeira exposição, Pride in Art Festival, em 2008, rebatizada como Queer Arts Festival, em 2010. Ao todo, já foram apresentados mais de mil artistas e montados mais de 170 eventos, fomentando constantemente a criação de novos trabalhos artísticos, através de comissões, premières e curadorias. Veja aqui os arquivos do QAF.


Trigger: Drawing the Line in 2015

Com curadoria de SD Holman, o Queer Art Festival deste ano (23 jul - 7 ago) celebrou seu 25º aniversário, com a mostra Trigger: Drawing the Line in 2015. O Dicionário de Arte Oxford, em seu artigo "Arte Gays e Lésbicas", destaca um trabalho por toda a história ocidental, abrangendo desde a Antiguidade até os dias de hoje. "Gatilho: Desenhando a história em 2015" evidencia que, cada vez mais, somos bombardeados por excessivos avisos e restrições, condicionando ou limitando a nossa própria vivência. Como os alertas colocados antes de entrarmos em ambientes (real ou virtual) potencialmente "material ofensivo", pornográfico, etc. O QAF 2015 questiona então estes "sacrifícios" pela tal e suposta "questão de segurança".

Nesta edição do festival, teve também Kiss & Tell, uma remontagem de Drawing the Line, numa exposição com artistas contemporâneos e suas próprias linguagens. Entre performances e oficinas, os autores exploraram pontos polêmicos, como religião, BDSM, gênero e homofobia, além de outros temas atuais e relacionados ao universo queer.

Como Jeannette Winterson escreveu: "A arte tem olhos profundos e difíceis e, para muitos, o olhar é muito insistente... Evitamos encontros dolorosos com a arte por banalizar ou por familiarizar de mais com a temática... Todos os dias, de inúmeras maneiras, você e eu nos convencemos sobre nós mesmos. A verdadeira arte, quando acontece a nós, desafia o 'eu' que somos... Artigos de arte. Os substantivos se tornam uma força ativa e não um item de colecionador. Objetos de arte".

2015 Queer Arts Festival Promotional Video



Galeria
Arte Queer

Seja homoerótica ou ativista, a Queer Art apresenta, pelo menos, duas vertentes principais: os politicamente engajados (arte contextual ou conceitual) e as expressões eróticas do imaginário gay, também repletas de símbolos, entre fantasias, fetiches e realidades, mas sempre de identificação imediata do público gay. Os trabalhos-atos-políticos geralmente abordam questões relacionadas à discriminação sexual ou de gênero e à homofobia, enquanto os homoeróticos vão da mais hard pornografia aos registros de puro romantismo gay. Assim, a Arte Queer é uma das segmentações do que chamamos de "cultura gay", no sentido de uma atenção específica, com seus códigos próprios e legítimos, bem como qualquer outra ideologia intrínseca a um grupo.

Como em outros movimentos do século 20, as manifestações artísticas vêm quebrando conceitos pré-adquiridos, geralmente relacionados à situação econômica, política e social dominantes na época em que ocorrem. O expressionismo, por exemplo, surgiu como questionamento às grandes guerras mundiais. A Pop Art registrou a ascensão pós-guerra do império capitalista, basicamente consumista, alcançando o objetivo de seus idealizadores, porém, causando fúria e menosprezo no início, por parte dos críticos de arte. Contudo, independentemente das questões e polêmicas levantadas (ou até mesmo em função disso), a Queer Art tem total dever de ser devidamente registrada e reconhecida na história da arte, especialmente por ser algo genuíno, uma matéria visível, concreta e distinta a outras expressões de arte.

Queer Art Countdown

Playlist Homem Arte

Playlist Homem na Arte

Filme Pierrot Lunaire na mostra Vancouver 2014


Queer Artist
Veja a seguir uma mostra dos mais expressivos artistas Queer
(masculino) do Brasil e do mundo:

Fernando Reyes

Balbir Krishan

Luca Mantovanelli

Antônio de Araújo - 41, 2012 kawek.net/antoniodearaujo

Kate Bornstein leads the way at the 2012 Vancouver Queer Arts Festival,
Photo Credit: Maxwell Lander

Mostra SukaOff da Grace Exhibition Space

Celebrating Transgression 2013 QAF

Angie Wilson - Questioning, 2013

Rodrigo Muñoz Ballester

Matt Lifson

Olaf Odegaard

Chawky Frenn

Superman by Slava Mogutin and Brian Kenny - slavamogutin.com/

Bob Shane by Rei, 2001 - kawek.net/reinaldorezende

Adomas Danusevičius. Becoming minority, 2012

Adomas Danusevičius. 2Karminas, 2009 - adomasdanusevicius.eu/paintings_2009_carmine



"Peça a um traveco" Kris Grey Photo taken by Devon McLaughlin

Pierre Et Gilles

Robert M. Adamcik

Attila Richard Lukacs


Roger Payne


Fernando Cardoso

Rex Werk


Vancouver Queer Film Festival - Boys, 2014


QAF 2013 - Transgression

Queer - Aperture 218

Brutto Gusto - Just Different Queer Art
Zachary Logan

Felix Deon

David Hockney

Luca Mantovanelli

Robert Flynt

Steven Romeo

Ajamu Body Builder in Bra, 1990

HomoRiot SummerTramp

Gavin Butt - The Leslie Lohman Queer Art Lecture Series:
This Is Not A Dream: Queer and Alternative Artists Talking Back to TV


Noam Gagnon will appear at the 2012 Vancouver Queer Arts Festival

Paul Richmond, 2009 - paulrichmondstudio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com