25 de dez de 2014

Retrospectiva 2014

O ano das diversidades

Com o adeus Ano Velho, vamos relembrar em fatos, fotos e vídeos os nomes e memes do ano, alguns comentados aqui no blog, nesta Retrospectiva 2014.

Um ano histórico para o Brasil e o mundo, com acontecimentos bem significativos na política, cada vez mais globalizada, e na sociedade... Eleições, Copa do Mundo e até gente indo às ruas por intervenção militar, talvez com medo de tanta investigação contra a corrupção, jamais visto no país, juntamente com o estouro em arco-íris, com a emancipação da diversidade de gênero.

Além da representação gay se consolidar cada vez mais na mídia, os mais jovens passaram a participar mais do debate político e nunca as campanhas eleitorais foram tão digitais, onde o principal meio de comunicação em massa deixou de ser a TV, ocupando as redes sociais. Antes disso, já no ano passado, com as manifestações de junho de 2013, a galera mais jovem e com acesso e fluência à internet, local em que surgia uma nova comunicação, que, por sua vez, contestava o que via nos telejornais. O mesmo se repetiu nas Eleições 2014, com uma decisiva queda de credibilidade dos grandes veículos de comunicação.


Beijos, beijaços e tropeços

Foto: John Moore/Getty Images. Barack Obama e Bill Clinton conversam antes do discurso de Obama na Iniciativa Global de Clinton, em Nova Iorque, 23 de setembro.

O beijaço gay se tornou uma forma de protesto, sempre que alguma personalidade pública se mostrava contra a liberdade de expressão homoafetiva.

Foram várias concentrações de gente simpatizante às causas LGBT, como, por exemplo, nas ruas de 50 cidades do mundo, num ato contra as leis homofóbicas do governo russo - uma indignação globalizada, desde 2013, quando o presidente da Rússia promulga lei contra "propaganda gay". Ou na Avenida Paulista, contra as declarações consideradas também ofensivamente homofóbicas de um candidato à presidência, durante um debate na TV.

A propósito, 2014 foi o ano em que a TV se rendeu à onda do Beijo Gay, mais especificamente nas novelas da Globo, talvez a última emissora a transmitir beijo na boca entre pessoas do mesmo sexo. Primeiro com Niko (Thiago Fragoso) e Félix (Mateus Solano), na novela Amor à Vida, e depois em Em Família, com o casal Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Muller).







Leia mais sobre:
TV: personagem gay feito por hetero?!



Propaganda: O amor une, a homofobia, não!

Com o slogan  O amor une, a homofobia, não!, comercial contra a homofobia exibido na Paraíba é o primeiro com beijo gay na TV brasileira.

O Movimento do Espírito Lilás (MEL), em parceria com o Ministério Público do Trabalho inovou ao veicular o comercial com beijo gay, vinculado na TV. Intitulado de "O Amor Une, a Homofobia Não", a nova campanha do movimento foi lançada em maio deste ano, em alusão ao Dia Internacional de Combate à Homofobia, comemorado no dia 17 de maio.

Reafirmando que o respeito à diversidade é dever de todos, independente de orientação sexual e da identidade de gênero, o movimento também apresenta a homofobia como um problema que detona famílias, separa pessoas e destrói vidas.

Segundo o Meio&Mensagem, a TV Cabo Branco, uma filial da Globo, pediu que o filme criado pela agência de propaganda TagZag, retirasse a cena do beijo gay. Ainda sem as imagens finais, a propaganda também seria veiculada apenas até a programação das 21h. As outras cenas do comercial retratam situações cotidianas de um casal, como as escovas de dentes juntas e o café da manhã na cama.

Primeiro comercial com beijo gay da tv brasileira O amor une, a homofobia, não!




Copa do Mundo no Brasil

Na Copa do Mundo 2014, fomos derrotados pela Alemanha pelo sonoro 7 X 1, mas foi confirmada a expectativa de que esta seria Capa das Copas, de acordo com a crítica internacional e, principalmente, por quem por aqui esteve durante os jogos.

Parecia que tudo, o mundo, girava em torno da Brazuca, no ano dos gramados brasileiros, numa Copa espalhada em 12 cidades sedes. Assim, não tinha como não passar por tantas obras públicas, trânsito cheio de restrições, viaturas, ambulâncias e delegações, e a esperada presença de turistas nacionais e estrangeiros, vindos de todos os cantos do planeta.

Como poderíamos prever com o hot brazilian way, Copa das Copas foi, na verdade, das cópulas, com tanta gente disposta a extravasar, no país conhecido como o celeiro das pessoas mais sexy do mundo. E não deu outra, um oásis para a diversão adulta, fazendo esquecer até mesmo a lástima dos 7 a 1.


Gerard Pique, o Muso da Copa 2014

Com tanta beleza e simpatia, inclusive pelo casamento com a cantora ShakiraGerard Pique foi eleito o Muso da Copa 2014, aqui no Brasil. O mérito deste lindo espanhol é reconhecido desde muito tempo, sendo o rosto bastante escolhido para comerciais de grandes marcas. Jogador do Barcelona desde 2008, Pique é o Nº1 no Top Players Rank, entre os defensores.





Leia mais sobre Copa 2014:
Lances da Copa 2014: beijo gay  -  Torcedores peladões  -  Jogadores croatas pelados na piscina  -  Seleção Brasileira



Cristiano Ronaldo in Vogue

O ano não podia ter começado melhor para o jogador de futebol Cristiano Ronaldo. O superstar metrossexual se tornou o primeiro português a vencer o prêmio Jogador do Ano FIFA por duas vezes. Foi melhor marcador do campeonato espanhol, com 31 golos em 30 jogos, e teve participação fundamental no décimo título do Real Madrid na UEFA Champions League, ao bater o recorde de gols em uma só fase da competição.

Embora não tenha feito quase nada na Copa 2014Cristiano Ronaldo esteve no Brasil e podemos conferir de perto sua mania em ser impecável - nas imagens, parecia até um jogador de videogame de tão perfeito. Com a bola toda, o craque esteve também na revista Vogue Espanha (edição de junho), ao lado da namorada e modelo russa Irina Shayk, em cliques sensuais por Mario Testino.


Cristiano Ronaldo Poses Naked With Irina Shayk For Vogue Spain



As controvérsias do ano

2014 também esteve repleto de contradições, entre uma Ciência cada vez mais lúcida, avançada e forças conservadoras, ressurgindo como múmias ou zumbis do passado obscuro e medieval. Foi um crescente de gente se assumindo racista, classista e até de movimentos tramados por supostos religiosos e intolerantes com a liberdade de crença, de gênero e de expressão, interferindo na política de Estado e disseminando ódio contra os homossexuais, que já estavam, relativamente, sendo respeitados e compreendidos pela sociedade.

Mas, se ainda há pouca representação de gays para os gays, ainda que neste ano houvesse um aumento considerável nesta representatividade, com uma série de programas feitos especialmente ao público gay (na internet principalmente, com webseries / novelas, filmes, reality shows e programas interativos), muitos aproveitam a evidência destes políticos para externar a intolerância que têm com os homossexuais. Aliás, atos de intolerância, seja na Faixa de Gaza ou no Facebook, de todos os tipos, foi o que mais se viu em 2014.

Em maio, relatório da Anistia Internacional aponta que homofobia ainda é tolerada por muitos governos, incluindo o Brasil, que ainda não caracteriza homofobia como crime. Foto: Reprodução IGay


2014 começou com a notícia de que o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, assinou uma lei que proíbe o casamento gay e criminaliza associações, sociedades e encontros homossexuais, com penas de até 14 anos de prisão. Em fevereiro, o presidente de Uganda, Yoweri Museveni, sancionou uma lei que pune atos homossexuais com prisão perpétua. “A África hoje é o continente com o maior número de leis homofóbicas, para diversos países da região. O caso de Uganda é particularmente chocante", comentou na época o assessor de direitos humanos da Anistia Internacional, Maurício Santoro. A organização revelou, em maio deste ano, que diversos governos ao redor do mundo ainda toleram a homofobia, mesmo onde a homossexualidade não é considerada crime.

No Brasil, segundo a Anistia Internacional, a legislação melhorou nos últimos anos, mas ainda é um dos campeões em número de assassinatos de LGBTs, chegando a 300 por ano, de acordo com a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).

Um dos mais marcantes do ano foi o caso de João Antônio Donati, um jovem de 18 anos que foi encontrado morto em um terreno baldio em Inhumas, região metropolitana de Goiânia, em setembro.O assassino, de 20 anos, foi preso após confessar o crime, que não foi julgado como um caso de homofofobia, mas sim como crime passional, por ele ter feito sexo com a vítima antes de matá-la.

O caso gerou repercussão internacional e protestos, mas a conversa sobre criminalização da homofobia teve como contratempo os ataques de políticos e representantes de entidades religiosas, que reforçam o preconceito e incitam o ódio aos gays. A manobra é fazer as pessoas, que não são gays, acreditarem que os gays estão exagerando, pois todos teriam o direito à liberdade de opinião. Pois bem, só por aí, já vemos nítidamente a incoerência...

Centro de Tradições Gaúchas (CTG), em Santana do Livramento (RS), foi incendiado dois dias antes de ser palco de um casamento coletivo homoafetivo.

A frase imoral "aparelho excretor não reproduz", dita em setembro por um candidato à presidência durante debate dos presidenciáveis da Record, ofendeu milhares de brasileiros pelo discurso homofóbico em rede nacional. O candidato sem noção ainda chegou a dizer que "gays precisam de atendimento psicológico bem longe da gente" e, claro, que não estimularia a união homoafetiva caso fosse eleito.

No entanto, os direitos LGBT foram pauta durante toda a campanha eleitoral de 2014, ajudando a dar visibilidade à causa gay e gerando uma certa confiança em relação aos direitos igualitários para 2015. A presidente reeleita Dilma Rousseff chegou a declarar, pela primeira vez, que é a favor da criminalização da homofobia. Essa fala veio imediatamente depois de Marina Silva retirar do seu plano de governo a mesma proposta e, consequentemente, perder milhares de votos, inclusive de héteros que prezam pela coerência.

O novo Tiririca da política, J. Bolsonaro, colecionador de polêmicas do tipo "fale bem, fale mal, mas 'vote em' mim", protagonizou boa parte dos barracos de 2014 no Congresso Nacional. Em abril, o deputado foi alvo de um pedido de representação por quebra de decoro, após xingar uma repórter de "idiota" e dizer que ela estava "censurada" após fazer uma pergunta sobre o golpe militar de 1964. No mês seguinte, foi a vez de atacar a ministra de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci, a quem chamou de "feia pra caramba" e disse que "nem com viagra na veia" alguém teria relações sexuais com ela... Jesuis! Tem mais?

Foto/montagem com deputado que possui três representações contra seus discursos de ódio, uma delas da vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, que o denunciou ao STF por incitação a estupro, após o episódio / crime com a deputada e ex-ministra da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário.

Foi o ano que os preconceitos e tabus deixaram de ser tão velados, como de costume. A galera andou se declarando, sem nenhuma vergonha, racista, elitista, machista, homofóbica, entre outras insanidades e crimes, como num último suspiro ou grito de misericórdia do conservadorismo, em plena decadência por sua própria insustentabilidade frente às diversidades. Afinal, depois de tanto viver nas trevas do preconceito e discriminação racial, religiosa, sexual e de gênero, pobre X rico...  É difícil convencer a maioria de que estão no lado certo, ainda que muitos vão na onda, sem muito pensar na falta de lógica do que estão fazendo.



Abaixo o Machismo!

Foto: Jason LaVeris/FilmMagic. Apresentação de Beyoncé no palco do MTV Video Music Awards 2014 na arena The Forum, Inglewood, EUA, 24 de agosto.

Além dos debates sobre homofobia, casamento gay, e outras questões de direitos humanos, as mulheres também fazem barricada contra a violência à mulher, trazendo novamente temas como sexismoaborto e estupro.

A #EuNãoMereçoSerEstuprada teve como forma de protesto brasileiras fazendo topless coletivo no Face. A revolta era com os resultados da pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a qual apontou a percepção do brasileiro sobre as mulheres, com 65% dos entrevistados acharem que mulher que usa roupa curta merece ser atacada.

Em Nova Iorque, o vídeo da mulher andando pelas ruas da metrópole e sendo assediada pelos homens teve mais de 38 milhões de visualizações, e foi o vídeo mais compartilhado no YT em 2014:

10 Hours of Walking in NYC as a Woman


Veja também:
Retrospectiva YouTube 2014

YouTube Rewind: Turn Down for 2014



Jean Wyllys

Na política, o professor e ex-BBB Jean Wyllys foi eleito deputado federal nas eleições de 2010 com a menor quantidade de votos pelo Rio de Janeiro, com 13.018 (0,16%) dos votos válidos, conseguindo a vaga graças ao desempenho do deputado federal Chico Alencar, do seu partido PSOL, que conquistou 240.724 (3%) dos votos.

Já nas Eleições de 2014, em uma situação inversa, Jean foi reeleito como o 7º mais votado, com 144.770 (1,90%) dos votos válidos. O resultado é uma prova de tanta dedicação e coerência em sua atuação brilhante (e paciente) nas causas sociais como um todo e, principalmente, nas causas LGBT, sendo o principal interlocutor e líder em favor dos direitos humanos e do respeito e dignidade cidadã a todas as identidades de gênero.


Talk-Show do Rafucko: Jean Wyllys



Jim Parsons e Todd Spiewak

O ator Jim Parsons, de The Big Bang Theorysaiu do armário em entrevista ao New York Times. Ele falou sobre o seu relacionamento amoroso com Todd Spiewak durante participação no programa de Ellen DeGeneres. Ele confirmava que está há mais de 10 anos com Todd.

Após a primeira aparição juntos, em 2013, Jim e Todd abriram uma produtora como sócios.

Jim faz um papel secundário no filme Wish I Was Here (2014) e será uma das vozes do filme de animação em 3D Home, em 2015, juntamente com outras celebridades como RihannaSteve Martin e Jennifer Lopez.





Kyle Kingsbury

Lutador de UFC Kyle Kingsbury mostra cueca para apoiar causa gay. Depois do atleta olímpico Ian Thorpe sair do armário e um ex-lutador se assumir gay, mais um homem do esporte decidiu mostrar que é livre de preconceito. Kyle Kingsbury, lutador do UFC, tirou a roupa e mostrou sua cueca para apoiar a causa gay.

Durante a pesagem para uma luta pelo cinturão na categoria meio-pesado no UFC, em julho, contra Jon Jones, o lutador Kyle Kingsbury surpreendeu ao tirar a bermuda para subir na balança.

Ele usava uma cueca rosa com a mensagem “LEGALIZE GAY”. A atitude deixou o narrador Jon Anik e o comentarista Daniel Cormier mega surpresos.

Isso porque o meio esportivo é um dos mais resistentes a apoiar a diversidade sexual. É muito difícil o assunto ser abordado no meio, inclusive no MMA.

UFC fighter Kyle Kingsbury bends over to show support for gay marriage!



Instantâneos:
Fotos e fatos do mundo


Foto: Adrees Latif - Reuters. Homem é encharcado de leite e spray de água logo após ser atingido por spray de pimenta pelas forças de segurança que tentavam dispersar manifestantes em Ferguson, EUA, em 20 de agosto.


Foto: Edgard Garrido - Reuters. Tropas seguram cartazes coloridos durante um desfile militar que celebrava o Dia da Independência, na praça Zocalo, no centro da Cidade do México, em 16 de setembro.


Foto: Jens Kalaene - EPA. O ator Shia Labeouf usa um saco de papel na cabeça dizendo "Eu não sou mais famoso", ao chegar no lançamento do filme "Ninfomaníaca: Volume 1" no 64º Festival Anual de Cinema de Berlim, na Alemanha, em 9 de fevereiro.


Foto: Elijah Nouvelage - Getty Images. Jeremy Meeks foi preso por posse ilegal de arma em 18 de junho e compareceu ao tribunal em 8 de julho, em Stockton, nos EUA. Sua foto de registro criminal, que foi publicada no Facebook da polícia de Stockton, recebeu tanta atenção da mídia, que lhe rendeu o contato de um agente de Hollywood, devido ao perfil de modelo.


Foto: Dilip Vishwanat - Getty Images. O primeiro jogador gay assumido da NFL, Michael Sam, recebe o Prêmio Arthur Ashe de Coragem no palco durante o ESPYS 2014, em Los Angeles, EUA, em 16 de julho.


Foto: Stringer - Reuters. Jovem foi fotografado enquanto se preparava para um desfile de celebração da anulação de uma lei anti-homossexuais do tribunal constitucional de Uganda em Entebbe, em 9 de agosto.


Foto: Suhaib Salem - Reuters. Crianças palestinas seguram armas enquanto comemoram com outras o que consideravam uma vitória sobre Israel, na sequência do cessar-fogo na cidade de Gaza, em 26 de agosto.


Foto: Handout - Getty Images. Justin Bieber foi fotografado pela polícia, sob custódia, em Miami Beach, EUA, após ser preso por dirigir embriagado, resistir à prisão e dirigir sem carteira de habilitação válida, em 23 de janeiro. No Brasil, o astro teen também teve sua imagem abalada por indícios de envolvimento com drogas e prostituição.


Foto: Luke MacGregor - Reuters. Menor homem do mundo, Chandra Bahadur Dangi cumprimenta o homem mais alto do mundo, Sultan Kosen, marcando o Dia de Recordes Mundiais do Guinness em Londres, em 13 de novembro.


Foto: Mohammed Al-Shaikh - AFP. No auge do autorretrato digital, a selfie, muçulmanos do Bahraini Shiite posam para uma selfie durante cerimônia que marca a Ashura, em homenagem à morte de Iman Hussein, no século VII, o neto do Profeta Maomé, em 4 de novembro.



Cinema Colorido

O cinema nacional teve Praia do Futuro e Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, que disputaram vaga à corrida do Oscar de melhor filme estrangeiro. O ano de 2013 parecia querer avisar o que vinha para este ano, com os filmes Tatuagem, Azul É A Cor Mais Quente e Um Estranho no Lago, e 2014 veio ainda mais significativo para o cinema que aborda questões LGBT.

Jared Leto interpretou Rayon em Clube de Compras Dallas.

O badalado ator e diretor Jared Leto interpretou Rayon, travesti soropositiva em Clube de Compras Dallas e ganhou o Oscar de ator coadjuvante. O ator Mark Ruffalo, muito ligado à causa gay, estrelou o filme The Normal Heart, retrato do início da epidemia da Aids nos anos 80. No Brasil, ele virou protagonista da corrida presidencial de Marina Silva. Depois de ter declarado apoio à candidatura dela, ele a retirou, com um pedido de desculpas, ao saber que ela não apoiava o casamento homossexual. "Não posso, em sã consciência, endossar uma candidatura que não apoie o casamento gay."

Colin Farrell, avesso a qualquer tipo de posicionamento político e engajamento, abriu uma exceção para seu irmão. “Ele não escolheu ser gay” e lançou campanha para a Irlanda aprovar o casamento gay. O Referendo realizado no país mostrou que a população está com Farrell.



Praia do Futuro

E não é que o melhor do Brasil é gay? A Associação Paulista dos Críticos de Arte elegeu Praia do futuro, filme de Karim Aïnouz, o melhor do ano. O filme que aborda com sensibilidade o impacto de uma paixão avassaladora em um homem e acompanha os efeitos emocionais e geográficos de seu desenvolvimento, suscitou alguma polêmica por conta das tantas e desimpedidas cenas de sexo homossexual entre o ator Wagner Moura e o alemão Clemens Schick. A polêmica, no entanto, não impediu o filme de seguir carreira vitoriosa depois de lançado no Festival Internacional de Cinema de Berlim.

O outro grande filme brasileiro do ano foi Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, que chegou a representar o país na busca por uma indicação ao Oscar. O grande mérito da trama de Daniel Ribeiro é desestigmatizar a orientação sexual ao mostrar o crescente encantamento de um menino cego por seu colega de escola.


Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

O longa Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014), produzido e roteirizado por Daniel Ribeiro. se mostrou uma excelente versão estendida para o curta-metragem Eu não Quero Voltar Sozinho, de 2010, e fez sucesso internacional, figurando na lista oficial, com mais de 60 filmes do mundo todo, dos candidatos às cinco vagas do Oscar 2015.

Assim como no curta, o filme conta sobre a vida de Leonardo, um adolescente cego (deficiente visual), que muda completamente com a chegada de um novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo, ele tem que lidar com os ciúmes da amiga Giovana e entender os sentimentos despertados pelo novo amigo Gabriel.

Curta - Eu Não Quero Voltar Sozinho 2010 Subtitles: English French Spanish Turkish

Veja mais sobre:
Cinema: Curtas de Daniel Ribeiro


Soltinho e fora do armário, o cinema brasileiro trouxe em 2014 a comédia Do Lado de Fora, lançada em maio. O filme mostra quatro amigos que decidem se assumir gays num prazo de menos de um ano.

Tavinho Teixeira estreou no festival Mix Brasil, em novembro, o filme Batguano. O filme brinca com a ideia de Batman e Robin serem gays, perspectiva sempre comentada na cultura pop, imaginando como seria a rotina de Batman e Robin como “duas bichas velhas”, nas palavras do próprio diretor.

Favela Gay

Favela Gay foi destaque no Festival de Cinema do Rio. O documentário que expõe a rotina de gays e transgêneros nas comunidades cariocas foi o vencedor do prêmio da audiência da mostra. O festival do Rio criou em 2014 o Prêmio Félix, para destacar a melhor produção com temática gay exibida no evento. Entre os 20 filmes elegíveis, inclusive Favela Gay, o júri destacou o grego Xênia, um road movie em que dois adolescentes, um deles gay, cruzam a Grécia em uma viagem pontuada por pequenas e grandes descobertas.

Em 2015, além da possibilidade de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, outros filmes com temática gay podem ser sensação na festa da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Mommy, do canadense Xavier Dolan, é um dos favoritos para ser indicado na categoria de filme estrangeiro. A produção já foi premiada no Festival de Cannes.


Saint Laurent

O francês Yves Saint Laurent também é boa aposta na categoria. O estilista francês foi tema de grande curiosidade em 2014, no filme Saint Laurent. Gaspard Ulliel interpreta o estilista Yves no longa de Bertrand Bonello.

A biografia mostra o processo criativo do estilista Yves Saint-Laurent, que reinou entre os anos 1967 e 1976 no mundo da alta costura, com fotografias e entrevistas polêmicas, além da relação com o marido e empresário Pierre Berger, interpretado por Jérémie Renier. Há também os casos extra-conjugais e a relação com o álcool e as drogas, que quase destruíram o império da marca YSL.

O Amor É Estranho, em que Alfred Molina e John Lithgow vivem um casal, foi o filme independente mais bem-sucedido do ano nos cinemas americanos e é apontado pela crítica como azarão na premiação.



Astros e megas


Justin Timberlake

Sempre no topo do sucesso, este ano Justin Timberlake foi eleito o Melhor Artista no Billboard Music Awards 2014. Foi o melhor artista masculino, além de melhor artista no geral, e melhor álbum do Billboard 200 com The 20/20 Experience. Como se não bastasse tudo isso, Justin participou da segunda compilação póstuma de Michael Jackson, Xscape, com a balada Love Never Felt So Good.


Michael Jackson, Justin Timberlake - Love Never Felt So Good


Justin Timberlake - The 20/20 Experience World Tour: Live in Iceland




MC Guimé

Consagrado internacionalmente através de uma das faixas da trilha sonora da Copa do Mundo 2014, brilhou ao lado de Emicida e Neymar no hit País do Futebol. Guime, e suas inúmeras tatuagens, veio com o Funk Ostentação e já chegou a ganhar mais de R$ 1 milhão por mês.


MC Guime - País do Futebol Part. Emicida

MC Guime - Eu Vim Pra Ficar






Passinho do Romano

O vídeo com o lançamento do Passinho do Romano, com MC Dadinho tem quase 27 milhões de visualizações no YT, desde maio deste ano. A coreografia (qual?!) virou moda e teve gente de tudo quanto é canto dançando o passinho de 2014, e do jeito ensinado por Fezinho Patatyy. A dança esquisita começou quando MC Bruno IP fez o funk, no início do ano, em homenagem ao bairro Jardim Romano na Zona Leste de São Paulo, onde então começou a febre do Passinho do Romano.

MC Dadinho - Lança o Passinho do Romano (Fezinho Patatyy) (DJ Dn de Caxias)




Conchita Wurst

Conchita Wurst, a “drag queen de barba”, venceu o concurso de talentos de cantores na TV europeia Eurovision.

O austríaco Tom Neuwirth, de 25 anos, conquistou o público quebrando barreiras históricas com sua personagem Conchita e com sua perfeita voz. Sua vitória foi indiscutível, com 290 pontos contra 238 da candidata da Holanda, sua concorrente e segunda colocada com uma canção country.

Conchita também brilhou como modelo, ou melhor, top model, participando em grande estilo do desfile outono / inverno 2014 / 2015 de um dos principais nomes da moda, Jean Paul Gaultier.

Jean-Paul Gaultier  with Conchita Wurst Paris Haute Couture Autumn Winter 2014 Full Show


Conchita Wurst - Rise Like a Phoenix (Austria) 2014 LIVE Eurovision Grand Final



Babu Santana

O ator Alexandre da Silva Santana, conhecido como Babu Santana, sempre vem participando de tudo quanto é filme nacional, desde o mega sucesso Cidade de Deus, em 2002. Babu já soma uns 50 trabalhos atuando em pequenas participações, incluindo TV.

Em 2014, Babu, juntamente com Robson Nunes, foi Tim Maia, no longa homônimo, sendo elogiado pela crítica e por todos que viram sua atuação como o incomparável Tim. Baseado no livro Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia, o filme percorre cinquenta anos da vida do artista, desde a sua infância no Rio de Janeiro até a sua morte, aos 55 anos de idade, incluindo a passagem pelos EUA, onde o cantor descobre novos estilos musicais e de vida.

Babu Santana será Maguila em 2015, outro grande ícone da cultura brasileira, somando assim dois importantes trabalhos seguidos, como protagonista e interpretando celebridades no cinema.

Tim Maia - Trailer oficial




Malta

A banda Malta venceu neste ano a 1ª temporada do programa Superstar. O primeiro álbum, Supernova, já recebeu certificação de Disco de Platina. O hit Diz pra Mim, estourado nas rádios, faz parte da trilha sonora da novela Alto Astral. Todos os integrantes da Malta estão na estrada já algum tempo, mas foi em 2014 que o grupo surgiu e se tornou sucesso.

Malta - Diz pra mim




João Côrtes

Aos 19 anos e conhecido no Brasil inteiro como o "ruivo do comercial da Vivo", João Côrtes colheu os frutos do sucesso que plantou na propaganda. João fez parte do elenco da peça Meninos e Meninas no Rio e, em breve, vai lançar um filme com o belo Chay Suede.

Esteve este ano na 2ª temporada de Vai que Cola, como convidado especial de um dos episódios e, sempre apaixonado por teatro, pretende fazer faculdade de Artes Cênicas. "A dúvida é se faço aqui no Brasil ou se vou estudar fora.. Tenho pensado muito, e cada vez mais se torna uma realidade, em viajar pra Londres, ou NY pra passar um bom tempo, estudando. Fazer curso de roteiro, de ator, de dança, de canto, abrir cada vez mais o leque! Sou muito novo, e tenho muito ainda o que aprender!" - em entrevista para o site Cinema e Muito Mais.

João Côrtes no Papo Feito




Marcello Melo Jr.

Campeão da Dança dos Famosos deste ano, o ator Marcelo Melo Jr. começou no teatro aos 7 anos de idade, no projeto Voz do Morro. O morenaço cafuçu fez comerciais, foi o protagonista da 1ª websérie gay, CaRIOcas, e teve seu destaque na novela Em Família, como Jairo. Para o ano que vem, 2015, Marcello estará na novela Rio Babilônia, que já teve suas primeiras filmagens em Dubai, nos Emirados Árabes.

Cena de CaRIOcas com Marcello Melo Jr.



Bruno Galiasso

Este ano, Bruno Galiasso foi o protagonista serial killer Eduardo Borges (Edu), na série Dupla Identidade, e será Murilo na novela Rio Babilônia, ano que vem. Na apresentação da cena final da série, Bruno declara que Edu foi o personagem da sua vida, em entrevista ao GShow.

Recentemente, o belo e talentoso de olhos azuis posou nu em um ensaio fotográfico para a revista L'Officiel Hommes. No ensaio de capa, clicado por Gustavo Zylbersztajn, Bruno embarca, segundo a revista, em uma viagem “neoprimitivista, encarnando um eremita / nativo / guerreiro da floresta”.

Veja mais fotos:






Jesuíta Barbosa

Depois de viver recentemente alguns gays no cinema nacional, o ator Jesuíta Barbos integra de vez a mais nova geração de galãs brasileiros.

O belo moreno de olhos esverdeados foi comentado aqui, também na postagem sobre o filme Tatuagem (2013), onde faz o personagem Soldado Fininha, par romântico com o líder de uma trupe de teatro anárquico em Olinda, Clécio Wanderley, interpretado pelo fantástico e não menos sexy Irandhir Santos.

Jesuíta foi Alain, um dos suspeitos pela morte de Bruno Ferraz (Daniel de Oliveira) na novela O Rebu, na sua segunda versão (2014), em que ele foi um dos atores convidados. No cinema, o belo esteve em Serra Pelada (2013) como a travesti Navalhada e, este ano, no filme Praia do Futuro, como Ayrton, o irmão de Donato, interpretado por Wagner Moura.

Veja mais sobre:
O belo e sexy Jesuíta Barbosa



Alexandre Nero

Aguinaldo Silva é o responsável pela escalação do ator Alexandre Nero para o papel de José Alfredo, o principal protagonista da novela Império. Desde o verdureiro Vanderlei, em A Favorita, Nero chama atenção pela sua atuação. Ele vinha roubando as cenas que participava, principalmente como Baltazar, na novela Fina Estampa, papel que rendeu também a participação do Zoiúdo em Crô, O Filme.



Chay Suede

Roobertchay Domingues da Rocha Filho, mais conhecido pelo nome artístico Chay Suede, é ator, cantor, compositor, apresentador e empresário, com destaque neste ano na novela Império, no papel do protagonista José Alfredo jovem.

Sua primeira aparição na TV foi no programa Ídolos, da Record, onde ficou em quarto lugar. Por sua popularidade entre os teens, foi escalado pra ser um dos protagonistas da novela Rebelde, na mesma emissora. Em 2014, Chay é escalado para atuar na próxima novela das nove, Babilônia, de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, no papel de Rafael, filho de um casal gay formado por Fernanda Montenegro e Nathália Timberg.

O novo galã fez este ano também o filme Lascados (Uma Garota, uma Kombi e Três Amigos), uma comédia que mistura fábula, aventura, romance, musical, tudo junto num road movie pelos anos 90.



Rômulo Neto

Rômulo Duncan Arantes Neto fez muita gente suspirar alto na pele do michê Robertão, na novela Império. Deve ser de família, pois o ator e modelo é filho do falecido e também ator galã Rômulo Arantes. Em 2007, participou de Malhação e de algumas novelas na Record, como Os Mutantes, Bela, A Feia e Vidas em Jogo. Em 2013, de volta à Globo, foi o vilão Tito Rabelo na novela Sangue Bom. Antes porém já havia espalhado na web um vídeo íntimo, onde o ator se masturba a frente do computador (clique aqui para assistir ao vídeo íntimo de Rômulo Neto).



Nick Jonas

Nick Jonas resolveu sensualizar geral em 2014. O músico, cantor, ator, produtor e compositor co-fundador dos Jonas Brothers, está no filme Careful What You Wish For, lotou sua rede com selfies sensuais e até participou de uma brincadeira onde ele tinha que adivinhar de qual famoso pertencia a mala que aparecia na foto.





Alex Minsky

Da Marinha norte-americana para modelo sexy de cuecas e spandex, Alex Minsky tornou-se um nome de inspiração para milhões de pessoas, com sua mensagem de sobrevivente de guerra. Mesmo após o triste episódio que o fez perder uma das pernas, Minsky continua aumentando seu número de fãs (inclusive gays), exibindo suas tatuagens coloridas e um corpo impecavelmente gostoso. O sucesso veio com os selfies de Minsky peladinho e... de pau duro, confirmando o título de ser um dos homens mais quentes do planeta.



Miss e Mister Gay 2014

Rodrigo Pereira foi o vencedor do Mister Gay Pride Brasil 2014. Natural de Cabo Frio, o vencedor de 30 anos participou pela primeira vez de um concurso de beleza.

O segundo lugar ficou para o juiz-forano Leandro Gonçalves, 26, e o terceiro para o paulistano Bruno Brito, 20.

Pietra Accioly, figurinista de São Paulo, foi a primeira colocada em concurso realizado em Salvador. O 2º lugar ficou com a representante de Tocantins e o 3º foi para a Paraíba. A cerimônia do evento, que estaria na sua 37ª edição, aconteceu este ano no Teatro Vila Velha, localizado no centro da capital baiana, sendo pela primeira vez não realizado em Juiz de Fora. Como novidade para este ano, todas as misses vencedoras das edições anteriores puderam votar.
Entre as juradas estava a homenageada da noite, Marta Vasconcelos, vencedora em 1968 do Miss Brasil e Miss Universo.



The Pornstars


Ed Junior

Na primeira edição do PIP, Prêmio da Indústria Pornô, o vencedor do prêmio de melhor ator de filmes eróticos, Ed Junior, diz que, se fosse fácil, existiriam muito mais atores trabalhando.

"Haveria homens muito mais bonitos do que eu atuando, mas isso não acontece. Já tentaram colocar modelos, homens muito bonitos, mas sem o preparo necessário, não rolou".

Garotas da van Junior



Sean Zevran



Johnny V and Sean Zevran





Dominic Santos


Dominic Santos audition



Johnny Rapid


WC Gangbang Johnny Rapid

4 comentários:

  1. Bacana a retrospectiva, apenas uma errata, a novela em que aconteceu o beijo entre as personagens Clara e Marina é EM FAMÍLIA e não Império.

    ResponderExcluir
  2. Kyle Kingsbury deu um show com aquela cueca e jonas brother se mostrou um verdadeiro puto gostososo que rabo ele tem ! curisidade nera ele que era virgem ? ele se deoravu foi FRED?

    ResponderExcluir
  3. Acabo de encontrar seu blog pesquisando pela internet e amei o conteúdo, parabéns é de muito bom gosto! Agora tenho uma proposta pra você, eu faço banners para blogs e acho que um novo visual valorizaria muito o bom conteúdo que você tem aqui, e como não sou profissional não cobro nada muito caro e o pagamento pode ser por depósito bancário. Bom, caso queira conversar sobre o assunto me deixe uma resposta ok? :D

    ResponderExcluir
  4. Marcello Melo Jr. uma delicia acho q ele curte caras o bruno galiasso adorei os pentelhos dele enormes e pretos agora nick jonas sensualizando tem um video dele no youtube em boate gay o cara ta escrotogeral com certeza ta fodendo horrores qual sua opiniao sobre o nick ele é gay webmaster?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com