1 de fev de 2014

Sexo fora do convencional

E o prazer da surpresa

Não é nada difícil transar de forma diferente, até porque o sexo convencional (o tradicional) é o romântico e simplesinho papai e mamãe. Qualquer coisa diferente disso, até o sexo oral, já seria por si uma relação fora do convencional.

Não só as posições do Kama Sutra, mas qualquer ato curioso, com ou sem amor, inusitado, surpreendente... sem falar dos que se caracterizam pelo excesso de violência, e daqueles que dão até asco - sempre com muita criatividade.

O sexo em si não deixa de ser um ato violento, mesmo que o imaginemos como nos romances, em slow motion. Até a velha "posição do missionário" (papai-mamãe), para ser realmente prazerosa, necessita de um bom conhecimento do próprio corpo e seus limites. E é nesse 'limite anatômico' que muitos querem fazer diferente, seja pelo lado quantitativo ou pela qualidade. Tentar bater seu próprio recorde quanto ao tamanho do membro ou coisa que possa entrar no ânus, como se fosse um alargador de orelha, é um exemplo desta 'olimpíada' em superar as próprias limitações físicas e morais.


Jogos mentais

Contudo, a maioria das viagens ou fantasias sexuais fora do convencional são afloradas pelo lado lúdico da coisa. Brincadeiras ou jogos sensuais (com mentalidade libidinosa), de envolvimento mais psicológico (quem conduz, quem domina?), ocasionando as reações emocionais de prazer sexual, ainda que não haja 'sexo' de verdade.

Muitas destas práticas ocorrem sem a clássica penetração ou sexo oral, e até mesmo sem o intuito de atingir o orgasmo - ou uma modalidade de relação íntima entre pessoas, onde a gozada pode ser bem diferente de ejaculação.

Neste contexto conceitual, as relações, suas ações e reações, estão correlacionadas na usurpação dos padrões culturais, ou o que manda "a moral e os bons costumes" - podemos sentir prazer só de estar fazendo algo pela primeira vez (a sexy novidade).


O clichê pornô

Quase sempre os vídeos pornográficos seguem um mesmo roteiro como uma espécie de ritual: flerte, pegação, sarro, beijo, boquete / cunete e sexo anal, deixando o suposto orgasmo para o final. Poucos mudam a ordem destas preliminares ou deixam de mostrar alguma delas. Mas, na vida real, sabemos que nem sempre é possível fazer todas estas honras (do sexo), podendo talvez gozar até sem ter tirado a roupa.

Poucos desses vídeos, porém, geralmente amadores, saem um pouco do trivial, começando a cena já na penetração, ou mostrando qualquer coisa diferente do roteiro clichê. Em alguns, nem rola sexo de fato (penetração, coito), mas podem render em ótimas punhetas. Outros, desviam-se dos esteriótipos de macho bombado e depilado, se destacando também pelo diferencial na escolha dos atores, além das suas atuações. Aliás, muitos vídeos acabam usando o lugar-comum das roupas de couro e látex, tapa-sexo e piercing, mesmo sem corresponder ao universo Leather.


'Curiosos'

Os chamados curiosos são justamente aqueles que deliram numa possibilidade inusitada de putaria, mesmo não tendo coragem para irem até o final. Heterossexuais que experimentam alguma sacanagem gay, só pra ver como é, além da prazerosa adrenalina do proibidão, e saindo do convencional (ultrapassando os próprios limites) - também os lugares, na fantasia erótica de transar em qualquer lugar que não seja tão óbvio quanto numa cama.


A dominação virtual

Na verdade, este novo tipo de prática sexual está ligado ao BDSM (Bondage, Dominação, Sadismo e Masoquismo) e ao sexo virtual, sendo melhor definido como 'dominação à distância'. Por sua vez, o 'sexo virtual' pode ser considerado em, pelo menos, dois momentos: o sexo à distância pela internet, e o sexo com programas, aplicativos e games que simulam situações sexuais com o participante, também no computador.

Em ambos os casos, a dominação à distância sugere que o dominador se relacione com o submisso em lugares distintos - não presencial, principalmente através de chat pela webcam. Além disso, tem os jogos eróticos e até a 'prostituição virtual',daquelas com minutos pagos para assistir um striptease ou algo mais.

Para os conservadores e adeptos do BDSM real e legítimo, as conversas on line podem sim serem usadas, mas para o início da coisa, para saber como é o outro, seus interesses, práticas, marcar encontros, para ver se 'rola química' e essas coisas. Estes não dispensam o olho no olho, e muitos nem consideram possível este tipo de interação feita de longe. Mas, na era dos celulares poderosos, há também a possibilidade de dominar o outro...  full time! - estar conectado o tempo inteiro, seguindo todos os passos do parceiro pelo GPS e podendo escolher comandar via mensagem de texto, vídeo ou por uma simples ligação telefônica.

Por outro lado, se a dominação / submissão já se inicia nestes primeiros contatos longe um do outro, por que não seria possível manter toda a relação à distância? Mas aí tem um probleminha: será que quem está do outro lado é confiável o bastante para se entregar completamente ao 'prazer virtual'?  - dúvidas se o outro está realmente sendo sincero, aberto ou se tem problemas em se expressar... E qual seria o verdadeiro interesse desse contato íntimo virtual? 'Será que estou 'sendo filmado?'!


Bondage

Bondage é um fetiche, geralmente inserido nas relações sadomasoquistas (BDSM), onde o prazer consiste em amarrar e imobilizar o parceiro, podendo ou não haver penetração ou outras interações sexuais. Esta modalidade, na sua forma pura, é simplesmente ver o outro imobilizado ou sentir-se completamento à mercê do parceiro, sem poder se mexer ou fazer nada.

Os objetos mais utilizados no bondage são: cordas, algemas (também tem algema de dedos), grilhões, camisa de força, coleiras, mordaças, vendas, electroejaculadores, correntes e cadeados e, inclusive, cintos de castidade. O que o dominador vai fazer além disso, vai depender em cada caso - alguns utilizam a situação para 'abusar' sexualmente do outro, espancar, cuspir... porém, muitos sequer mantém contato físico.


Fisting

Fist fuck ou fisting ou fist fucking, originalmente chamado de bractoproctosigmodismo ou, no popular, enfiar a mão e, ou o braço no rabo ou na vagina. Do latim brachio procticus para o sexo anal,  onde o prazer estaria relacionado nas sensações que são proporcionadas pela distensão do ânus.

O fisting pode ser praticado independente da sexualidade. Uma das formas, inclusive, é a dupla-penetração, que pode ser tando no sentido de sentar em duas rôlas, quanto ter uma na perseguida e outra no cu. Assim, o adepto pode ser gay, bi ou hétero.

O risco, além da dor e possíveis sangramentos, é o de contaminação através das unhas (mesmo lavadinhas) causando infecções e, ou doenças sexualmente transmissíveis (DST), sendo aconselhável o uso de luvas de látex (estéril) e muita lubrificação no local.

Fisting


Spank

Spanking é simplesmente bater na bunda de alguém até causar dor com as palmadas. Tudo, porém, sem maiores danos físicos. Mas como o assunto é 'fora do convencional', estas regrinhas conceituais podem também caírem por terra. No spank, é geralmente utilizada a mão aberta para os tapas e tapões, com o objetivo de deixar o traseiro 'espancado' vermelho e inchado.

Este formato original, deixando as marcas das mãos ao bater (a 'raquetada'), pode envolver também outras formas ainda mais agressivas de espancamento, como a utilização de artefatos do tipo palmatória, tábuas de madeira, chicotes, varas e cassetetes... como aconteceria em certos castigos e torturas.

A surra, com ou sem as mãos, está relacionada ao sadomasoquismo, em que o sádico sente prazer na punição, na dor e no desconforto do outro e, por sua vez, o masoquista com o castigo, com o espancamento e, principalmente, com a dor transformada em prazer. Na pornografia, é geralmente representada junto a cenas de BDSM e hard sex.

Historicamente, é uma modalidade com origem na educação antiga, aplicada por pais e professores, na época em que se disciplinava através da chibata - hoje, a palmada, mesmo como recurso didático dos pais, é proibida no Brasil. Assim, muitos adeptos preferem quando acontece entre jovens e alguém mais velho, relacionando-se também com outras fantasias sexuais - ou suas inversões: um policial apanhar de cassetete; o patrão levar uma surra do funcionário; o professor apanhar do aluno... Sempre como uma 'punição' por um 'mal comportamento'.

Man Spanked by Cowboy

Já o spanking grupal tem geralmente um aspecto de 'brincadeira', como se fosse um ritual social (de passagem), semelhante aos trotes ou 'estupros' em grupo (gang bang). Muitas vezes, as sessões são filmadas pelos participantes e compartilhadas como uma forma de entretenimento para os sádicos de plantão.


Gang bang

O termo gang bang nasceu da indústria do sexo, sempre ávida por realizar filmes onde uma das estrelas pornô mantém relações sexuais com três ou mais pessoas, e deixando fazer com ela gato e sapato. Assim, o vocábulo gang bang denomina também as reuniões de sexo grupal onde todos estão 'contra' um.

O gang bang pode ser entre vários homens, um homem e várias mulheres ou vários homens, ou ainda várias mulheres e homens simultaneamente. Para os adeptos gays, geralmente é um passivo e um grupo de ativos. Este passivo, por sua vez, funcionará como um "barril" (uma gíria de marinheiros), saciando com seus buracos um a um dos ativos, seja por sexo oral, anal, pelo spanking, ou apenas pela humilhação sofrida.

Na pornografia, de uma forma geral, este fascínio por performances espetaculares, acima dos limites normais de sexo, é quase uma constante. Muitas atrizes e astros pornôs ficaram famosos por fazerem cenas deste tipo. Na série de filmes pornô Black Balled, os atores principais transam com todo o elenco e todos entre si, num delicioso sexo em grupo (também fora do convencional por ser com mais gente e não por uma dupla ou casal). No sexo grupal e em público, tem vídeos que mostram festinhas em bares, com vários participantes e, ao mesmo tempo, voyeurs que filmam as cenas nos seus celulares, com o intuito de publicar na web.

Black Balled 6 (Full Movie)

Gay Bareback Gangbanged


Hot Gay Gangbang in a Public Bar


Gouinage

Gouinage é um termo francês que vem das relações homossexuais entre mulheres, referindo-se ao sexo sem penetração. Tanto hoje quanto antigamente, é uma modalidade bastante apreciada entre gays e héteros, principalmente quando não se tem tempo ou condições de "ir até o final". É o famoso sarro, rela-rela ou esfrega, chegando ao orgasmo sem nenhum tipo de penetrabilidade.

Os mais radicais consideram fora deste jogo qualquer tipo de penetração, ainda que não seja com o pênis. Nada de boquete, enfiar os dedos, a língua... sendo permitido no máximo beijos na boca como acompanhante do sarro. Mas a maioria inclui neste 'sexo sem coito' as chamadas preliminares de uma relação 'normal', excitando o parceiro através de carícias, masturbação, sexo oral (também cunete) e fisting (com os dedos).

O objetivo do gouinage é simplesmente causar prazer sexual no outro e vice-versa, sem penetração, e com um posicionamento de igual para igual entre os parceiros. Nesta modalidade não há passivo ou ativo, dominador e submisso, exigindo assim muita criatividade.

Embora parecido com um tipo de sexo incompleto, principalmente com as conhecidas preliminares, o gouinage se mostra possível não só entre as mulheres, que não têm pênis e conseguem realizar plenamente o sexo entre elas, mas também entre os homens onde, por exemplo, coincide dos dois serem só ativos ou só passivos - o que pode dificultar, mas não impede nenhuma transa.

Como não há penetração, o ato sexual é todo dedicado à exploração dos sentidos: o olhar, o toque, o cheiro, o gosto... - a famosa "pegada". E quem nunca sentiu um imenso prazer num simples abraço? Assim, o gouinage dispensa a penetração, na certeza de que é possível chegar ao ápice sem o sexo convencional.

Polêmico, haja vista que no sexo propriamente dito tem que haver penetração, o gouinage mais liberal, vamos assim dizer, não deixa de ser uma alternativa também para o sexo às escuras, com desconhecidos e, ou em lugares impróprios. Seja pelo fato de não haver segurança ou condições propícias para se fazer o sexo com penetração, ou por questões relacionadas à integridade física como, por exemplo, a prevenção de doenças ou os possíveis incômodos físicos do coito.

Afinal, a vida real não é como nos filmes pornôs, onde a penetração é sempre fácil, sem dor, etc. E nem todo mundo sente prazer na penetração, sentindo só dor ao invés de prazer (mesmo usando todos os lubrificantes!) - pode ser uma questão de anatomia. Já ouvi muito homem dizendo ser doido pra dar, mas que não aguentavam por doer muito. Por outro lado, tem também aqueles com dificuldades em manter a ereção durante a penetração, podendo o gouinage servir como uma alternativa.

Classic Gay Hentai Anime Boys


Asfixiofilia

É o prazer em se sentir asfixiado durante o sexo, com o objetivo de aumentar o prazer do orgasmo. Geralmente, são utilizadas as próprias mãos, mas tem outras formas de sufocamento com sacos plásticos, com o próprio pênis, ou bondage específica para deixar o mínimo de ventilação, como as feitas de gesso ou resina, cobrindo todo o corpo do adepto à "asfixia autoerótica".

Com altos riscos para a saúde, principalmente pelo fato de ser praticada em momentos de 'delírio erótico', a busca deste prazer exacerbado pode custar bem caro, ocasionando reações acidentais e indesejáveis. Algumas celebridades acabaram morrendo durante a prática: o ator David Carradine (Kill Bill), o repórter da BBC Kristian Digby, o vocalista do INXS Michael Hutchence, e até um personagem de desenho animado, Kenny McCormick, da série South Park, como crítica a este estranho prazer.


O sexo criativo

Por falar em criatividade, podemos esperar que o sexo fora do convencional pode ter infinitas formas (sempre passível de novidades e modismos), com ou sem brinquedinhos, contato físico ou virtual, leve ou sofrido, satisfazendo-se gozando ou apenas sentindo um prazer intenso, como se fosse um orgasmo prolongado.

Na trilha para fazer sexo sempre de uma forma diferente, alguns são mais sutis, outros, mais bizarros. A variedade ou diversidade do sexo 'anticonvencional' geralmente é envolvida pelo fascínio das fantasias sexuais e, principalmente, dos fetiches - usar fraldas, chupar bico ou chupeta e agir como um bebê (diapers); transar usando calcinha, meias finas e roupa de mulher (crossdressing); beber xixi (pissing ou chuva dourada); usar fantasia de bicho de pelúcia ou super-herói (fursuit); zoofilia; dominação em público, fazer 'cadeado' (foder o próprio rabo); ingerir excrementos; ser torturado; fazer sexo com mendigos, bêbados... E tantas outras fantasias românticas, principalmente as mais eróticas, com possibilidades para a humilhação, dominação sexual ou, menos agressivo, para a equiparação de papéis na cama, para o sexo leve, divertido e diferente. Enfim, é uma lista que nunca acaba (o termo Gouinage, por exemplo, fiquei conhecendo a pouco tempo através de um comentário aqui no blog - e logo pensei: #QuemNunca?).

É uma questão de ponto de vista. Hoje, até o tradicional papai e mamãe pode ser fora do convencional, se for feito, por exemplo, sem camisinha (barebacking). No Orgasm Wars, um reality show japonês, os participantes (gays) tem como tarefa fazer um hétero gozar com um bom e velho boquete. Veja o vídeo:



Poko X Tate - Orgasm Wars


Veja mais fotos e vídeos:
Fora do convencional


Fursuit

Diapers

Bondage Asfixiofilia

Pissing em foto artística do modelo Tony Ward por Steven Meisel


Twerk Dat Ass


Slim Dicking Down Carlito

Armpit Fuckers - Metendo no suvaco

Straight Guys pissing on each other


WTF He Jacks off at a public Train Station


video
Internado Judicial de Vista Hermosa - Ciudad Bolivar (Estado Bolivar) Venezuela
Presidiário é humilhado e estuprado em pleno horário de visita

21 comentários:

  1. Olha me surpreendeu, confesso que ja conhecia todos esses tipos de fetiches e alguns deles são até bem interessantes, mas ainda fico com o Bondage como meu preferido. Adorei a citação ao Gouinage, haha, obrigado por isso. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que tamo junto, né? Aqui não é casas bahia mas a dedicação é total a vcs! kkk (perco o amigo mas não o trocadálio).. E eu que agradeço pela contribuição Abraço!

      Excluir
  2. porra adoro estrupos , mijo, tenho tara por zoo e furry tbm que materia otima sem nenhum pudor muito bom esse blog adorei o video do jogador simon tesão mesmo

    ResponderExcluir
  3. massa adorei o post adoro fetiches e o que faz mover o sexo! Gouinage não conhecia meus preferidos são
    sexo com heteros
    vigorexia musculosos
    pissing
    Twerk Dat Ass adoro bundas
    Exophilia é uma atração, geralmente de natureza sexual, a coisas novas, estranhas, ou de outro, como formas de vida seres não-humanos
    é muito bom fantasiar r vc fred quais sãos as suas fantasias mais sacanas?
    valew pela parceria se quiser manda o link q coloco teu banner no meu blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduardo! são tantas... com homens feios (tesudos), com velhinhos de cabeça branca, com bêbados, com deficientes, com mórmons e evangélicos, com bichinha novinha e de bunda grande, com raças puras, sem miscigenação (negão, brancão, ruivo, japas...) etc etc etc - será que tem denominação pra isso?.... TARADO! KKKK Tamo junto amigão!

      LINK HTML BANNER:
      Copiar Código na página ENVIAR MATERIAL

      IMG CODE FOR FORUMS & MESSAGE BOARDS:
      [IMG]http://i61.tinypic.com/n4yrrb.gif[/IMG]

      URL FOR E-Mail & IM
      http://tinypic.com/r/n4yrrb/8

      DIRECT LINK FOR LAYOUTS:
      http://i61.tinypic.com/n4yrrb.gif

      Abraço!

      Excluir
  4. que sacanagem do caralho esses bando de hetero mijando um no outro gozei com esse video
    tenho umas fantasias que vc não colocou nanofilia (tesão por anões) Tricofilia (pentelhos) , incesto ,
    hipofilia( tesão por cavalos) e Estelafilia( tesão por estatuas ) muito bom o blog vou voltar faz um post especial de cada um dessas parafilias seria otimo principalmente anões e cavalos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Lukkas! Valeu pelas sugestões. Esta postagem faz uma introdução com as práticas mais comuns (fora do convencional) e postarei aos poucos sobre cada uma que só citei, além das sugestões daqui dos comentários. Pode deixar, tá tudo anotado! Abraço

      Excluir
  5. falou em fantasia sexual o bicho pega o tesão fala mais alto adiquiri alguns desses fetiches vendo sites como este
    sou praticante de Gouinage adoro um sarro e tenho varios orgasmos multiplos sem ejaucular fico semanas sem ejaucular apenas de pau duro e tendo espasmos orgasticos
    outro fetiche que adquiri tesão por imagens estatuas tipo aquelas de ZEUS e HERCULES bem musculosas com aqueles bundões enormes
    tenho fetiche por fluidos como urina saliva e esmegma o sebo do pau mijo inclusive esse video do caras bêbados e drogados se mijando me deixou louco eles realmente parecem ser heterossexuais como os heteros sabem se dirvertir e aprontar sacanagem
    tem um amigo meu que tem fetihe por amputados e isso ja esta mexendo comigo estou tendo ideias loucas ultimamente
    não culpo ninguem por ter esses fetiches é parte da natureza humana temos que respeitar
    espero ver mais postagens sobre fantasias sexuais foi demais
    abraço

    ResponderExcluir
  6. oi estou tendo desejos incontrolaveis por necrofilia tenho um amigo que é enfermeiro em um hospital ele dsse que uma vez chegou o corpo de um rapaz jogador de futebol que tinha morrido de coração
    e o cara era lindo pernas grossas uma bunda enorme musculoso ele não pensou duas vezes e chupou o pau do rapaz ele disse um gostoso desse eu vou apreoveitar
    sempre me masturbo pensando nesse caso faria sim mais so com cadaver fresco e de morte natural será que sou louco?

    ResponderExcluir
  7. a sacanagem hoje rola solta vale tudo gostei do video em que os caras chaqualham as bundas
    sou viciado em gluteos o que significa Twerk Dat Ass? queria ver posts materias com fotos de bundas lembro do filme EXIT TO EDEN o ator principal tinha um gluteo imenso gostaria de ver novamente tambem tenho vigorexia e nanofilia pois os anões tem gluteos gigantes
    muito bom o blog e a materia parabéns

    ResponderExcluir
  8. Obrigado por tantos elogios e sugestões, galera! Visitem também o link do 'Best Male Blogs' para votar e aumentar a classificação do blog:
    http://www.bestmaleblogs.com/blogs/12794.html

    ResponderExcluir
  9. eu sou tarado por zoofilaia queM me ver assim machão todo malhado andando com meu pitbull nem sabe como dou meu cu pro meu dog adoro chupar a rola de Zeus . fico com muito tesão tbm quando olho para os cavalos da cavalaria militar como são masculos e sacanas adoraria chupar a rola e as bolas de um garanhão quero ver fotos e videos de zoo aqui neste blog
    GAVIÃO -SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Delícia cara!!! 067996190387

      Excluir
  10. Oi, adoro seu blog, visito sempre! Gosto muito de saber mais sobre o comportamento gay em geral!
    Será que um dia você poderia por favor fazer uma matéria sobre gays assexuados? É um assunto pouco falado até agora, sem muitas fontes de pesquisa, mas é bem interessante!
    Acho que faço parte dessa minoria, já que não gosto de sexo, beijos, abraços, toque, e não é por nenhum desvio psicológico, só não faz parte da minha natureza!
    Obrigado!
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mmm fiquei realmente interessado ms como vc mesmo disse as fontes são poucas e desatualizadas . Assim sugiro que me envie mais detalhes por email para que eu possa lhe enviar um questionário com o que quero saber sobre e entender melhor - homemrg@gmail. Com manterei o sigilo e anonimato. Tbm para outros assexuados ok é só enviar o email. Quero muito fazer esta pesquisa e gostaria de saber dos proprios adeptos abraco e muito obrigado

      Excluir
  11. Então, hoje tenho 35 anos, namorei uma vez quando tinha 19, gostava muito do rapaz, e mesmo assim o máximo que fiz foi sexo oral nele algumas vezes, mas fiz para agradar e não por vontade, nunca deixei ele fazer em mim, não transamos, apesar dele insistir muito, e esse foi um dos motivos que o relacionamento não durou, ele era bem oposto, super ligado a sexo!
    Depois disso até me apaixonei algumas vezes mas nunca passou disso, não gosto de ser tocado, de abraços, beijos, sexo mesmo nunca fiz e não tenho vontade e acho que nunca vou fazer!
    As pessoas acham que isso é algum problema, mas em mim é algo natural, nunca conheci ninguém assim, é um pouco complicado!
    Dentro do meio gay, existem muitas ramificações, mas nenhuma desse estilo, todos acham que os gays tem que ser super ligados a sexo, os próprio gays não entendem!
    A sexualidade humana (ou falta dela) é muito interessante e muito ampla,gosto muito de saber sobre esse assunto, e quero achar um lugar no meio de tudo isso!
    Depois vou fazer mais pesquisas e mando um e-mail!
    Obrigado!
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse que sempre se sentiu assim, e parece que pra você tá tudo bem, tudo indica que é apenas uma característica natural da sua sexualidade (ou assexualidade), mesmo que não seja 'normal' para os outros. Anomalia seria se vc tivesse perdido a libido ou desejo sexual, e quer saber o motivo (indicado psicólogo especialista - sexólogo), e quando isso incomoda (a vc mesmo), sendo assim um 'transtorno'. Quanto aos outros, realmente não é tão simples de compreender, principalmente na nossa cultura sempre sexualizada (seja pelo instinto primitivo de perpetuação da espécie, romantismo ou negócios, incluindo o casamento). Aguardo seu email ok Abraço

      Excluir
  12. GALERA DE SÃO PAULO ?
    Garoto SUBMISSO VEM PRO MEU MUNDO
    Adoroo mijada cheiro de homen tudo SOU SUBMISSO afim ?

    E-mail Bolinha_andre@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. E aí galera blz? Curto pra caralho cara peludos ou lisos suados pai com cheiro de sebo , mijo suor punheta dormida , moro em São Paulo - centro 27 anos com local malhado deixo email para primeiro contato boyfetichistasp@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Sou lutador de Boxe... Sou dominador, alt 1,78, peso 75kilo, malhado, dotado 22cm, voz grossa , Discreto, educado e muito safado... Estou sem local no momento...whatsapp...6198643039

    ResponderExcluir
  15. Afim de ser escravo e fazer essas putarias, moro no Vale do itajai SC. N aceito fora do estado ou muito longe. Contato: dominador.sc@gmail.com

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ou envie sugestões, fotos e vídeos para homemrg@gmail.com